Sobre - Mapa da Cachaça
Verallia

Sobre

O Mapa da Cachaça é um multipremiado projeto com o objetivo de compartilhar informação sobre o incrível universo do destilado brasileiro, a cachaça.

Temos algo a confessar: O Mapa da Cachaça não é um projeto apenas sobre cachaça. Nos perdoe a pretensão, mas temos aqui o desejo de falar sobre Brasil. Nós queremos falar da pinga, da bendita, da água-que-passarinho-não-bebe, mas também do Ciclo do Açúcar, do Ciclo do Ouro e do Café e de toda riqueza histórica dessa aguardente de cana produzida por aqui desde 1532. Queremos aprender sobre nossa cultura, gastronomia, economia, artes. Queremos falar da cachaça armazenada em madeiras nativas como a amburana, o ariribá e o jequitibá, sem negar as influências externas que nos fazem envelhecer a caninha em carvalho europeu e americano. Afinal, ser brasileiro é fazer parte desta mistura toda. O Mapa da Cachaça é um projeto de brasileiros feito para brasileiros – sem precisar do aval externo ou de leis de mercado para mostrar pra gente o que é bom. Temos história, cultura, tecnologia, diversidade e criatividade. Queremos mostrar um pouquinho disso tudo para vocês e quem sabe… pro mundo todo. Cachaça e Brasil têm história e são bons pra caramba! O Mapa da Cachaça é um movimento de emancipação de um Brasil que cansou de ser colônia – e que vai aprendendo a ser grande aos pouquinhos – afinal, somos ainda uma nação jovem, mas já com muita coisa boa para mostrar – não vamos deixar que nos provem o contrário.

Bem-vindos ao “País da Cachaça”!

Criadores:

O Mapa da Cachaça foi criado em 2009 por Eduardo Martins, Felipe Jannuzzi, Gabriela Barreto. Contando com o apoio de muitos parceiros, formam um grupo de produtores culturais e especialistas em cachaça com a vontade de mostrar a riqueza do destilado nacional para todo o mundo.

Durante os últimos anos, viajam pelo Brasil revelando as histórias e os sabores da bebida – e dessa forma contribuem para a criação de uma referência não apenas sobre cachaça, mas também sobre o Brasil. Todas as descobertas do grupo são compartilhadas principalmente no site do Mapa da Cachaça.

Na mídia:

The New York Time, Vice, Veja, O Estado de São Paulo, Folha de São Paulo, e muito mais.

Conquistas:

–  Reconhecido pela Secretaria de Cultura Digital do Ministério da Cultura (MinC) como o melhor projeto de mapeamento cultural do Brasil (2012).

– Vencedor do edital “Cultura 2014” do MinC e Embratur para representar a gastronomia brasileira durante a Copa do Mundo por meio de livros, vídeos e eventos (2014).

–  Os integrantes do grupo foram os primeiros brasileiros a falar sobre cachaça em importantes eventos internacionais como o Rhum Day, em Milão, o Tales of the Cocktail, em Nova Orleans, o Bar Convent Berlin e o London Cocktail Week (2015-2017).

–  Premiado no The Gourmand World Cookbook Award, uma competição gratuita e aberta para livros sobre gastronomia publicados em diversos idiomas e países. Fundada em 1995 por Edouard Cointreau, presidente da Paris Cookbook Fair, o prêmio celebra todos os anos as publicações que se destacam em suas categorias. Em 2015, o Mapa da Cachaça foi destaque em três categorias com a publicação Cachaça e Gastronomia, lançada durante a Copa do Mundo em parceria com o Ministério da Cultura: Melhor livro do Ano, Spirits (Destilados) e Harmonização com Comida (2016).

– Palestrantes no TEDx Campinas com a apresentação “A cachaça é nossa. E o que ela diz sobre nós” para mais de 800 pessoas (2018).

– Lançamento de versão em inglês do site Mapa da Cachaça se tornando a primeira fonte dedicada ao tema em idioma diferente do português (2019).

Equipe:

Felipe Jannuzzi:

Há mais de 10 anos, Felipe viaja para conhecer alambiques e produtores de cachaça pelo Brasil. Ao se dar conta da importância cultural da bebida, criou o Mapa da Cachaça, projeto que se tornaria uma das maiores referências sobre o tema. Graduado em Imagem e Som pela UFSCar e pós-graduado em Comunicação Digital pela USP, Felipe desenvolve pesquisas sobre aromas e sabores das bebidas produzidas nos mais diferentes cantos do país. Suas pesquisas são compartilhadas em palestras pelo Brasil e em eventos internacionais. Em 2016, utilizando botânicos nacionais, lançou pela empresa Espíritos Brasileiros, Virga– primeiro gin nacional e o único no mundo a levar pequenas doses de cachaça.

Instagram: @felipe.jannuzzi

Gabriela Barreto:

Gabriela Barreto é formada em Imagem e Som pela Universidade Federal de São Carlos e pós-graduada em gestão estratégica pela FGV-SP. É sócia da Bela Baderna, produtora de conteúdo criativo cinematográfico, seriado e televisivo. Cultura, história e artes são os assuntos de maior interesse da diretora, que junto de Felipe e Eduardo criou o Mapa da Cachaça onde se viu na oportunidade de viajar pelo Brasil para contar e relatar as tradições, os costumes e as histórias relacionadas ao destilado nacional. Integrou o quadro de sócios do Mapa da Cachaça de 2009 a 2014, sendo a principal responsável pela produção audiovisual do MdC. Hoje, compõe a mesa de diretores da produtora Bela Baderna e segue desenvolvendo conteúdos audiovisuais em parceria com o Mapa da Cachaça.

Giu Cirilo

Giulia Cirilo é formada em Jornalismo pela PUC- Campinas e desde o trabalho de conclusão de curso buscou trazer narrativas de vidas, contadas sob o olhar mais humano possível. Trabalhou como produtora de conteúdo e TV por 5 anos na EPTV, afiliada da Rede Globo em Campinas, onde pôde absorver muito conhecimento em logística de produção de matérias – o que lhe rendeu o Prêmio Feac de Jornalismo na categoria ‘Melhor Reportagem de TV’, em 2017. Cultura, música, gastronomia, coquetelaria  e, principalmente, histórias de vida são as coisas em que mais gosta de mergulhar de cabeça. Atualmente trabalha como colaboradora para o site Mapa da Cachaça e em projetos paralelos.

Anúncios
youtube google-plus facebook twitter instagram user filter list