Katia Esprítio Santo, produtora da cachaça Da Quinta e presidente da Apacerj
Katia, produtora da cachaça Da Quinta e presidente da Apacerj

A Associação dos Produtores de Cachaça (Apacerj), o Sindbebi, o Sebrae, a Firjan, a Secretaria de Estado de Turismo e TurisRio lançam nesta segunda-feira o Programa “Embaixadas da Cachaça”. O projeto será apresentado durante jantar em comemoração ao Dia Nacional da Cachaça no Palácio Guanabara. O Programa implantado na cidade do Rio de Janeiro pela Apacerj e parceiros, de outubro de 2016 a setembro de 2017.

“Com o previsto afluxo massivo de turistas em 2016, a cidade será palco e cenário de um espaço conceitual denominado “Embaixadas da Cachaça””, explica a presidente da Apacerj, Katia Espírito Santo.

A Apacerj, com a parceria do Sebrae, e apoio da TurisRio, implantará o programa em alguns estabelecimentos comerciais também parceiros, com a finalidade de disseminar a cultura da excelência da cachaça e de seus drinks. “O objetivo é oportunizar aos turistas, nacionais e estrangeiros, a experimentação da bebida nacional, em um contexto de rica experiência cultural no Rio de Janeiro, com seu estilo de vida, sua gastronomia, suas preferências de lazer diurnas e noturnas.” afirma Katia.

Mapa da Cachaça

Mapa da Cachaça

O Mapa da Cachaça é uma premiada plataforma multimídia com o objetivo de compartilhar informações sobre a cultura, história, aromas e sabores do destilado brasileiro.

Quer receber no seu e-mail 5 aulas gratuitas sobre cachaça? Assine nossa newsletter exclusiva e durante 5 dias te enviaremos o melhor conteúdo sobre o destilado brasileiro!

Compartilhe esse artigo

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Dadinhos de madeira

Dadinhos de Madeira 1kg – Sem Tosta

Um quilo de dadinhos de madeiras sem tosta para envelhecimento acelerado. As opções de madeiras são: Amburana, Bálsamo, Carvalho, Castanheira, Cumaru, Eucalipto, Ipê, Jaqueira, Jequitibá, Putumujú

Comprar
  • Pedro de Alcântara
    setembro 29, 2015 at 9:33 pm

    Grande iniciativa.Isto é muito bom para divulgação da nossa querida branquinha.
    Pena que os cariocas são muito bairristas e fechados.Há dois anos que tento
    conseguir um exemplar do livro Carta de Cachaças do Estado do Rio de Janeiro para
    a minha coleção e nem respostas dão.Até para a Katia já escrevi!! E ainda, foram
    editados 8.000 exemplares com distribuição gratuita, mas no Mercado Livre já me pediram
    R$ 300 por um exemplar.

Adicionar um comentário

Curso

Aprenda o Essencial da Cachaça

R$190

Já se inscreveu no Mapa da cachaça?

40 mil já fazem parte da nossa comunidade.

Se inscreva agora e receba no seu e-mail o melhor do Mapa da Cachaça