Uma tendência na publicidade de diversos produtos feitos no Brasil é explorar justamente o fator: made in Brazil. Com a cachaça não é diferente. Cada vez mais o marketing da cachaça vem adotando a “brasilidade” com um valor positivo para falar do destilado nacional.

Beber cachaça é levar o reconhecido jeitinho brasileiro da praia, da mulata, do arroz com feijão, do samba para os gringos de quadris duros, acostumados com a vodca sem graça e atraídos pelo estilo brasileiro de ser. O foco não é apenas o mercado mundial, considerando que o brasileiro precisa do estrangeiro para validar suas criações como algo de qualidade e que mereça apreciação.

Seguido essa linha, depois da britânica Diageo adquirir por quase 1 bilhão de reais a cearense Ypióca, o lema da marca passou a ser: Vamos Brasilizar, ou seja, vamos mostrar para todo mundo o que é ser brasileiro até que eles consigam incorporar e se tornar um – uma “licença poética”  da equipe de publicitários que faz questão de afirmar que a palavra existe no português.

bra.si.li.zar v. tr. e pt. Tornar ou naturalizar brasileiro; brasificar; abrasileirar. F. Brasil, n. (fonte: Dicionário Aurélio)

Antes da Ypióca, a marca Leblon já apresentou esse mesmo conceito através do livro-guia “How to be a Brazilian” de Steve Luttmann, diretor dessa cachaça produzida no interior de Minas Gerais, em Patos de Minas, mas que leva nome de praia carioca e é desenvolvida por um time de estrangeiros que sabe fazer destilado e marketing… e pelo jeito, sabe também como ser brazuca.

How to Be a Brazilian - Steve Luttmann e Ypióca falam sobre Brasil
Livro é guia para gringo que quer “aprender a ser brasileiro”.

Depois de John Travolta dançar nas praias cariocas num recente comercial, agora a Cachaça Ypióca apresenta uma nova linguagem para apresentar seu lema. Deixando de lado as grandes estrelas e produções hollywoodianas, a nova campanha de comunicação da  Cachaça Ypióca é descontraída e informal como numa roda de amigos num bar. E a campanha, afinal, se passa justamente numa roda de bar, local onde os brasileiros geralmente se sentem bem à vontade para discutirem temas do cotidiano ou filosofias de boteco.

Numa série de vídeo de oito episódio, a campanha retrata um americano buscando entender aspectos típicos da cultura brasileira. A proposta é explicar pela ótica estrangeira o que é ser brasileiro, prezando pelo bom humor. Os vídeos tratam de assuntos que parecem óbvios, mas dizem muito sobre o que é ser brasileiro, como comida, romance, praia, comportamento e futebol. Os videos têm, em média, dois minutos de duração e serão postado semanalmente.

Apesar de apresentar o Brasil através dos tradicionais esteriótipos, a campanha acertou em cheio na proposta ao trabalhar de forma descontraída e natural questões da cultura brasileira que, apesar de banais, parecem realmente intrigar os gringos que visitam o País. O formato funciona bem também para o Youtube, com vídeos curtos e bem-humorados.

A ideia de falar sobre o Brasil nesse momento que vestir verde e amarelo está na moda (ou sempre esteve?) faz muito sentido e de certa forma mostra uma certa humildade no oportunismo da gigante Diageo  – recém chegada ao mundo da cachaça, a empresa britânica quer aprender e absorver o DNA brasileiro, como se mostrasse que não deixarão de lado as raízes de uma produção tipicamente nacional mesmo após terem comprado uma empresa familiar que produz a marvada desde 1846 no interior do Ceará.

 

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba em primeira mão nossas novidades, eventos e promoções

Mapa da Cachaça

Mapa da Cachaça

O Mapa da Cachaça é uma premiada plataforma multimídia com o objetivo de compartilhar informações sobre a cultura, história, aromas e sabores do destilado brasileiro.

Quer receber no seu e-mail 5 aulas gratuitas sobre cachaça? Assine nossa newsletter exclusiva e durante 5 dias te enviaremos o melhor conteúdo sobre o destilado brasileiro!

Compartilhe esse artigo

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Barril de amburana

Barril de amburana para envelhecer cachaça

Barril de diversos tamanhos da madeira amburana (Amburana cearenses) para envelhecer cachaça e outras bebidas como rum, cerveja e coquetéis.

Comprar
dorna de amburana

Dorna de amburana para envelhecer cachaça

Já pensou em ter sua própria dorna para envelhecer cachaça? Nós fizemos uma seleção dos melhores barris e dornas de amburana para você começar seus experimentos em casa com bebidas  fermentadas e destiladas.

Comprar
Dadinhos de madeira

Dadinhos de Madeira 1kg – Sem Tosta

Um quilo de dadinhos de madeiras sem tosta para envelhecimento acelerado. As opções de madeiras são: Amburana, Bálsamo, Carvalho, Castanheira, Cumaru, Eucalipto, Ipê, Jaqueira, Jequitibá, Putumujú

Comprar
mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário