Cachaça Coqueiro em Paraty

Entenda com o Mapa da Cachaça quais as diferenças entre cachaça, pinga e aguardente

Aguardente:

A palavra aguardente vem do grego acqua ardentes que significa água de fogo e é o nome dado às bebidas alcoólicas que foram fermentadas e em seguida destiladas. É possível encontrar no mercado aguardentes feitas de diferentes matérias-primas como uva, banana, laranja, milho, arroz, cevada, batata, beterraba, cana-de-açúcar, mandioca, entre outros.

Muitos países possuem sua aguardente própria, representando a cultura gastronômica e a história local. O francês é reconhecido pela produção do Cognac. O alemão pelo schnaps. O escocês é famoso pelo seu scotch uísque. O peruano e o chileno têm o pisco. O chinês tem o soju. E a cachaça é a aguardente tipicamente brasileira feita a partir da cana. Dessa forma, podemos afirmar que a cachaça é uma aguardente de cana-de-açúcar.

No Brasil, o teor alcoólico da aguardente deve estar entre 38% a 54% e se a aguardente é misturada com algum outro ingrediente, de origem animal, como mel, e vegetal, como o limão, por exemplo, ela deve ser chamado de aguardente composta.

  • A tiquira é um destilado brasileiro feito da mandioca, portanto, é uma aguardente de mandioca.
Tiquira Aguardente de Mandioca
  • Russos e poloneses ainda não chegaram no consenso de qual país inventou a vodka. Todo caso, a vodka é um destilado neutro, de aroma e sabor sutis, na maioria das vezes multidestilado em coluna de inox, e pode ser produzida em qualquer parte do mundo a partir do trigo, da batata, da uva e até mesmo da cana-de-açúcar. Portanto, a vodka, assim como a cachaça, também pode ser uma aguardente de cana-de-açúcar.
  • A cachaça não é a única aguardente de cana do Brasil. Em julho de 2016, chegou no mercado o Virga, primeiro gim artesanal premium produzido em pequena escala do Brasil. Além de usar zimbro e botânicos em sua composição, Virga tem base alcoólica de cana-de-açúcar .
Garrafa de Virga
Virga Gim Seco do Brasil, primeiro gim brasileiro é uma aguardente de cana
Aguardente de Jambu
A Jós não é uma cachaça de jambu, mas uma aguardente composta com jambu
A St Verger é uma aguardente de cana composta com pera asiática

Cachaça:

A cachaça é uma aguardente de cana-de-açúcar produzida no Brasil com graduação alcoólica de 38% a 48%, obtida pela destilação do mosto fermentado do caldo de cana-de-açúcar. Caso não se enquadre nessa definição, a bebida não pode ser comercializada como cachaça e receberá a denominação de aguardente de cana. Por exemplo, um destilado de cana com graduação alcoólica de 50% só pode ser chamado de aguardente de cana-de-açúcar. Ou seja, toda cachaça é uma aguardente, mas nem toda aguardente é cachaça.

Não podemos também chamar de cachaça outros destilados não providos da cana. Um destilado de caju é um aguardente de caju e não uma “cachaça de caju”. E ao adicionarmos ervas e/ou especiarias na cachaça, não é possível comercializa-la como cachaça, mas sim como uma aguardente composta. Veja mais sobre isso no nosso artigo: as cachaças que não são cachaças.

Pinga:

O primeiro registro da palavra pinga como cachaça é de 1773. A palavra faz referência ao processo de destilação em alambique de cobre, em que o vinho de cana é aquecido na panela e seu vapor é resfriado e condensado lentamente, saindo aos pingos. Em cidades como Paraty e interior de Minas Gerais, pinga é sinônimo da cachaça de qualidade. Apesar de derivar do processo artesanal de produção, em alguns lugares, como no estado de São Paulo, a palavra faz menção à aguardente de baixa qualidade ou da aguardente industrial, adotando neste caso um sentido pejorativo.

Em 1953 Inesita Barroso cantou “Moda da Pinga” pela primeira vez, e desde então, se tornou um dos maiores símbolos da cultura caipira.

Com a marvada pinga. É que eu me atrapaio. Eu entro na venda e já dou meu taio. Pego no copo e dali num saio. Ali memo eu bebo. Ali memo eu caio. Só pra carregar é que eu dô trabaio. Oi lá…

Mapa da Cachaça

Mapa da Cachaça

O Mapa da Cachaça é uma premiada plataforma multimídia com o objetivo de compartilhar informações sobre a cultura, história, aromas e sabores do destilado brasileiro.

Quer receber no seu e-mail 5 aulas gratuitas sobre cachaça? Assine nossa newsletter exclusiva e durante 5 dias te enviaremos o melhor conteúdo sobre o destilado brasileiro!

Compartilhe esse artigo

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Dadinhos de madeira

Dadinhos de Madeira 1kg – Sem Tosta

Um quilo de dadinhos de madeiras sem tosta para envelhecimento acelerado. As opções de madeiras são: Amburana, Bálsamo, Carvalho, Castanheira, Cumaru, Eucalipto, Ipê, Jaqueira, Jequitibá, Putumujú

Comprar
  • Cachaça oui, aguardente non ! | 
    setembro 9, 2011 at 12:49 pm

    […] http://mapadacachaca.com.br/blog/qual-a-diferenca-entre-cachaca-e-aguardente/ […]

    [WORDPRESS HASHCASH] The comment’s server IP (213.251.189.204) doesn’t match the comment’s URL host IP (213.186.33.19) and so is spam.

  • wilson
    setembro 15, 2011 at 8:14 pm

    Assim que tiver uma oportunidade irei degustar dessa reliquia, parabens pelo site…

  • messias s. cavalcante
    outubro 10, 2011 at 9:20 am

    Tenho em mão uma garrafa do RHUM DAMOISEAU, de Guadalupe (Antilhas – América Central), cujo rótulo especifica que se trata de “distilado alcoólico simples de cana de açúcar, com a graduação de 40%”.

    Então é cachaça?

    • Mapa da Cachaça
      outubro 10, 2011 at 12:24 pm

      Excelente pergunta Messias. A diferença é que a cachaça (na teoria) deve ser feita do destilado do mosto fermentado da garapa – dessa forma, a cachaça só pode ser feita na época da safra da cana, quando a garapa é extraída e o caldo está fresco. O rum é feito do melado que é um liquido escuro extraído da cana que pode ser conservado e, por isso, pode ser fermentando e destilado em qualquer época do ano. Essa seria a maior diferença entre rum e cachaça. Mas vou te confessar que já vi cachaça feita de melado e deve ter rum a partir da garapa…

      • J.R.
        agosto 14, 2015 at 10:56 pm

        Olá!
        Eu faço aguardente do caldo de cana. A cana é passada na moenda e sai o caldo que é fermentado e depois destilado no alambique. Nunca vi nenhum caldo preto saindo da cana moída. Acho que o Sr quis dizer que o caldo da cana pode ser coado, fervido e ao se retirar a espuma ele vai engrossando e formando o melado que pode ser mais fino ou mais engrossado, até formar a rapadura depois de esfriado.

    • Eloi Mendonça
      setembro 29, 2016 at 7:59 pm

      Não pode ser chamada de cachaça porque não foi produzida no Brasil.

  • messias s. cavalcante
    outubro 11, 2011 at 7:54 am

    O Rhum Damoiseau, assim como vários outros, é feito de mosto fermentado do caldo de cana, assim como a cachaça. Como sabemos, há runs feitos de melaço, de mistura de melaço e espumas, de açúcar, de melado, de caldo de cana fermentado e mistura de dois ou mais dessses com ou sem adição de especiarias, envelhecidos ou não.

    Onde quero chegar é que, de maneira inteligente, os produtores de distilados derivados de cana de açúcar dão o nome genérico de rum a todos eles e deixa para o consumidor a opção de consumir o que mais lhe agradar. Nós, os brasileiros, ao invés de aproveitar esta brecha e comercializar mundialmente o rum brasileiro, o que na verdade a cachaça é, entramos em uma briga sem fim para impor internacionalmente o nome CACHAÇA.

  • Nelson Duarte
    outubro 11, 2011 at 4:05 pm

    Muito embora essa discussão não vá levar a nada, chamar cachaça de rum brasileiro só vai nos levar à vala comum de outros destilados. Por exemplo, se produz vodka no mundo inteiro, isso acaba por desvalorizar a verdadeora, produzida em seu país de origem.
    Cachaça é cachaça. Rum é rum e vamos levando essa briga adiante.
    E parabéns ao Messias pelo livro. Muito bom, e instigante!

  • Frank Santos
    fevereiro 1, 2012 at 11:54 am

    Salada de frutas.
    CACHAÇA é uma coisa; AGUARDENTE DE CANA e outra coisa. Parto do pressuposto que o autor aqui tenta dissertar sobre a bebida alcoólica genuinamente brasileira.
    CACHAÇA é o destilado fermentado que tenha origem no AÇÚCAR DE CANA ou nos seus derivados: melaço, rapadura, etc. É a inversão química do processo da fabricação do açúcar. Grosso modo, dilui-se o açúcar, ou melaço, ou rapadura moída, mistura-se com água e fermenta-se. A partir daí, num alambique, produz-se a CACHAÇA.
    AGUARDENTE DE CANA é simplesmente o destilado que se origina a partir da fermentação da GARAPA DA CANA (ou o caldo da cana). Ponto final.
    Qualquer dúvida consultar o site do INMETRO:
    http://www.inmetro.gov.br/consumidor/produtos/cachaca.asp

    Abraço

    Frank Santos

    Obs. produzo cachaça e aguardente há 50 anos. Vendo para 30 paises.

    • Rafael
      fevereiro 4, 2017 at 1:02 pm

      Então o Sr. deve estar envelhecido há quase 100 anos..se produz a 50 anos! Menos arrogância seria bom. Ponto final!

  • tayna
    maio 24, 2012 at 12:09 pm

    eu quero sabe qual a diferençaaaa??

    • Moisés Souza
      novembro 27, 2013 at 9:57 pm

      Tudo é aguardente, só que a aguardente cujo teor alcoólico máximo é 48ºGL é chamada de “CACHAÇA”. Ou seja, toda cachaça é aguardente, mas nem toda aguardente cachaça.

  • Evandro A. Cirineu
    dezembro 25, 2012 at 1:50 pm

    Se você é apaixonado por cachaça , Visitem-nos!!! Iremos surpreender vocês.
    Vejam o nosso site e marque uma visita em nossas instalações , lá vocês verão todo o nosso processo produtivo e com produzir uma cachaça de qualidade pensando sempre em higiene e qualidade.
    Aguardo vocês,
    Evandro A. Cirineu

  • Carolina
    novembro 5, 2013 at 4:43 pm

    Adorei o site. Me ajudou muito em um trabalho da escola… Mas gostaria de fazer uma pergunta. Qual o nome e a diferença dos principais tipos de vinho tinto?

  • Moisés Souza
    novembro 27, 2013 at 9:37 pm

    Você fala que não é cachaça e no final do vídeo você chama a Rainha de “Cachaça de Cabra-Macho”?! agora não entendi nada!

  • Moisés Souza
    novembro 27, 2013 at 9:50 pm

    Onde posso encontrar, no Recife-PE, a aguardente de cana “Serra Grande”? Desde já agradeço a informação.

  • Pablo Cardoso
    outubro 15, 2014 at 5:34 pm

    Muito bacana o post. Lembro que tive um choque quando descobri que uísque e tequila também são aguardentes. Julgava que cachaça, aguardente e pinga eram sinônimos.

    Aliás, discuti em meu blog um pouco sobre certa “sociologia” que a cachaça pode apresentar. Fica o link aos interessados:

    http://orodape.com/2014/10/13/cachaca/

  • Wellington
    novembro 27, 2014 at 10:11 pm

    Maravilha !! ….varias informações importantes sobre a cachaça !!..estou aprendendo com vcs !! …vou ficar “craque” na obtenção da legitima cachaça !!! Parabéns !!

    AbraÇos

    Wellington

    • Mapa da Cachaça
      dezembro 2, 2014 at 4:13 pm

      Valeu Wellington, segue com a gente que sempre teremos novidades do mundo da caninha. abração

  • carlos alberto krohn
    março 18, 2015 at 11:34 am

    Existe alguma maneira fácil e precisa para determinar o teor alcoolico de um destilado de cana de açucar??

  • Ana
    maio 4, 2015 at 9:12 pm

    Uma coisa que eu queria muito saber é qual a diferença entre a cachaça e a Vodka. Procurei em varios lugares e não acho!

    • Chassidy
      março 8, 2017 at 7:38 pm

      ils croient que les ouvriers sont uniquement ceux qui travaillent dans les ateliers de Renault ou Lejaby. j’ai travaillé dans une usine métallurgique, énorme bureau de compta (pas d&qnauo;isformqtirue à l’époque), les filles étaient filles d’ouvriers, mais elles étaient dans un bureau pas un atelier.

  • rivaldo ferreira da silva
    maio 23, 2015 at 10:05 pm

    Comecei a compra aguardentes deste ano de 1980, optei por cachaças do nordeste,gostaria de saber quantos tipos de cachaças sao produzidas em pernambuco atualmente, aproveitando a oportunidade gostaria de me relacionar com colecionadores do estado em que resido, para eventual permuta. Resido em Gravata-Pe telefone para contato. (81) 97272221.

  • geraldo
    julho 5, 2015 at 12:48 pm

    vejo falarem muito dessa cachaça D dil e espero degustala a qualauer momento quando eu for a Paraiba agora de curiosidade infome se vende a vulça ou seja eu quero 300 litros quero pegar na bobona tem como vcs informar preço a cada litro ou eu trazer em garrafa pet de 2litros no caso 300 litro quero vender na minha venda aqui no rio

  • Georges Rousselet
    janeiro 3, 2016 at 6:45 pm

    Seria viável aplicar o controle Fuzzy na produção de cachaça, como é feito na obtenção do Vinho do Porto, que é uma aguardente de uva?

  • geraldo magela braga
    janeiro 27, 2016 at 5:54 pm

    Sendo da boa gosto muito cachaça ou aguardente!

  • aldo guerini
    julho 14, 2016 at 10:59 pm

    Demais esta apresentaçao do mapa da cachaça, falou pouco e ensinou tud. Thanks

    aldoguerini@hotmail.com

  • neto
    setembro 6, 2016 at 11:23 am

    Parabéns pelo poste :)))… mas uma dúvida: “toda cachaça é uma aguardente, mas nem toda aguardente é cachaça”…??? Se a cachaça é só de cana-de-açúcar não é correto citar “toda cachaça…” (apesar de ter entendido a brincadeira). Didaticamente soaria melhor: “tudo é aguardente, mas nem tudo é cachaça”.

    • Mapa da Cachaça
      setembro 13, 2016 at 12:39 pm

      As aguardentes podem ser de várias matérias-primas: cana, batata, uva, etc… por isso, a cachaça é uma aguardente de cana. Mas nem toda aguardente ou aguardente de cana é cachaça. Ex: Rum, aguardente de cana. Valeu pela visita, Neto! abraços

  • Carlos
    outubro 31, 2016 at 5:43 pm

    Primeiramente é melhorar o português,

    de artezanal para artesanal.

  • Victor
    janeiro 21, 2017 at 3:24 pm

    É extranha sensação da cachaça de jambu.
    Gostaria de saber se existem drinques feitos com esta cachaça e as receitas correspondentes. Agradeço a ajuda que puderem dar.

  • clodoaldo fiametti
    abril 14, 2017 at 11:18 am

    Tenho interesse em trabalhar com vendas de agua ardente.

  • Carlos A. Couras
    julho 20, 2017 at 9:12 pm

    Boa noite. Estou com uma tremenda dúvida com relação entre cachaça e aguardente. Estive na capital João Pessoa/PB em férias e fui participar de um encontro de produtores de cachaça. Conversando com estes produtores, fui informado que a cachaça teria que ter um teor alcoólico de até 38º, acima deste teor, ela seria considerada aguardente. Neste encontro foi feita a degustação de varias marcas produzidas na região. Gostaria de receber maiores informações com relação ao assunto: quem tem razão 38º a 48º ou até 38º???????

  • fabiana mariano
    janeiro 29, 2018 at 9:44 pm

    olá boa noite! quero saber mais a respeito da cachaça pinga,etc
    to querendo entra no ramo.como posso colocar frutas,ou fazer-las com aromas.

  • Francisco
    abril 13, 2018 at 12:26 pm

    Se caso o destilado tiver menos de 38 GL. Também recebi a denominação de água ardente, no caso da calda?

  • […] Cachaça por definição pode ter teor alcoólico entre 38% a 48%. A Gouveia Brasil Aguardente é uma versão com 54% de álcool produzida na destilaria de Turvolândia, então tecnicamente é uma aguardente de cana. […]

  • JEFFERSON DURR AGUIAR
    maio 16, 2020 at 4:36 pm

    AMIGO GOSTEI DO COMENTÁRIO, MAS TIRE UMA DÚVIDA, QTO DIMINUI TEOR ALCOÓLICO DA CACHAÇA QDO COLOCADA JUNTO COM ERVAS, MADEIRAS, LEGUMES E FRUTAS, POIS SEMPRE FAÇO ESTE PREPARO E FICA BEM FRAQUINHO TIPO UM LICOR. GRATO PELA ATENÇÃO

Adicionar um comentário

Já se inscreveu no Mapa da cachaça?

40 mil já fazem parte da nossa comunidade.

Se inscreva agora e receba no seu e-mail o melhor do Mapa da Cachaça