O que é uma cachaça estandardizada? - Mapa da Cachaça
Verallia

O que é uma cachaça estandardizada?

31 de 08 de 2019

A palavra estandardizada é um adjetivo que significa padronizado; produzido a partir de um padrão; seguindo um modelo. Entenda aqui o que significa uma cachaça estandardizada

Os donos de marcas de cachaça estandardizada não realizam todas as etapas de produção e compram cachaças fornecidas por terceiros. Portanto, não necessariamente precisam de canavial, dornas de fermentação, unidade de destilação ou envelhecimento.

Geralmente, essas cachaças adquiridas de terceiros tem aromas e sabores distintos e é papel do estandardizador realizar procedimentos que deixem essas cachaças com o mesmo sabor final – daí a ideia de padronizar.

Algumas técnicas são usadas para conseguir essa padronização, entre elas a redestilação da cachaça em alambiques de cobre e o armazenamento em dornas de madeira.

Esse profissional do mercado da cachaça é mais comum em regiões com diversas pequenas unidades de produção organizadas em cooperativas, que centralizam num mesmo local alambiques para redestilação, grandes dornas de madeira para armazenamento e maquinário para engarrafamento.

Dornas Havana, produtor de dornas e barris

Seguindo a legislação, as cachaças estandardizadas devem ter no rótulo a identificação:  “estandardizada e engarrafada”. Quando todo processo de produção de cachaça é feito na mesma unidade de produção (plantação, moagem, fermentação, destilação), o rótulo constará “produzido e engarrafado”.

A cachaça adquirida pelo estandardizador pode ser de pequenos produtores formalizados ou informais. Quando regulada e priorizando a qualidade da cachaça, a estandardização pode ser interessante para fomentar a pequena produção familiar local. No entanto, pelo modelo de aquisição de diversos fornecedores, o controle de qualidade e a padronização podem ser um desafio para o produtor.

Cachaça Claudionor - Januária - Minas Gerais

A Claudionor de Januária é uma das cachaça estandardizadas mais famosas do Brasil.

É interessante ressaltar que, nessa categoria, a bebida raramente é comercializada na versão pura, mas na maioria dos casos armazenada em dornas de madeiras, processo que também facilita a padronização dos aromas e sabores da bebida.

Uma madeira muito comum usada na padronização sensorial de cachaças puras de safras distintas é a amburana, madeira brasileira com grande potencial de influenciar as características de cor, aroma e sabor da bebida.

Os aromas e sabores da amburana se destacam, impregnam e dominam o perfil sensorial da cachaça estandardizada, deixando menos perceptíveis as distinções das bases puras de safras ou produtores diferentes. O protagonismo é da madeira que ajuda na padronização da bebida.

Por aliar grandes volumes, podendo chegar aos milhões de litros anuais, com gastos de produção reduzidos e assumir a identidade de artesanal, a cachaça estandardizada ocupa boa parte do mercado com preços competitivos.

Anúncios

PUBLICADO POR:

Comentários

Seleção de Cachaças

youtube google-plus facebook twitter instagram user filter list