Caipirinha, mitos e verdades: a parte branca do limão amarga a Caipirinha?

Mauricio Maia, especialista em cachaças nos responde e ainda fala sobre outros mal-entendidos que surgem na hora de se preparar o mais brasileiros dos coquetéis.

Limão para caipirinha
A parte branca do limão amarga a Caipirinha?

Qual a receita clássica da Caipirinha?

A receita da Caipirinha é protegida pelo Decreto nº 6.871, de 2009:

“…com graduação alcoólica de quinze a trinta e seis por cento em volume, a vinte graus Celsius, elaborada com cachaça, limão e açúcar, poderá ser denominada de caipirinha (bebida típica do Brasil), facultada a adição de água para a padronização da graduação alcoólica e de aditivos”.

A receita clássica da Caipirinha, como está no IBA (International Bartenders Association) é a seguinte:

50 ml de cachaça
limão taiti
2 colheres de chá de açúcar

O preparo oficial é colocar o limão e o açúcar num copo estilo Old Fashion e macerar. Encher o copo com gelo e depois cachaça. Dessa forma, a bebida é considerada um coquetel montado – ao invés de batido, mexido ou misturado.

Então Caipirinha é apenas com limão?

Em qualquer bar do mundo que você peça um Daiquiri vão te servir com rum e limão – o destilado ou a fruta não são substituídos nunca. Isso traz consistência e ajuda a promover o coquetel. Devemos fazer o mesmo com a nossa receita clássica da Caipirinha e promover sua receita original, com limão taiti e cachaça, ingredientes inclusive estabelecidos na legislação. Para coquetéis com outras frutas fica a sugestão do nome: caipifruta. E se a cachaça for substituída pela vodka o coquetel deve ser chamado de Caipiroska; se for usado o rum fica Caipiríssima.

Limão para caipirinha
A cachaça é destilado versátil que casa muito bem com frutas cítricas. Mas a receita clássica da Caipirinha é com limão taiti.

Quer dizer então que o miolo do limão não amarga a Caipirinha?

Claro que não amarga. Aquela parte é só fibra. Se você coloca na boca vai perceber que ela é inclusive mais fraca, tem o sabor muito mais delicado do que a fruta inteira. O problema é que a fibra aumenta a necessidade de se empregar força na hora de macerar o limão, daí vai amargar mesmo. A casca do cítrico é que amarga. Se você tirar o miolo da fruta e amassar feito um purê de batata, vai amargar da mesma forma.

A tradicional receita da Caipirinha só pode ser feita com cachaça sem passar por madeira?

Essa é uma das maiores bobeiras que eu já ouvi. Cachaça envelhecida presta, e muito, na hora da confecção do drinque. É claro que você precisa observar as características das madeiras. Por exemplo, se amburana e carvalho americano adicionam características bastante adocicadas ao líquido, eu vou preparar uma caipirinha com menos açúcar. Se eu utilizo uma versão da marvada que já é ácida, eu coloco menos limão no meu drinque e por aí vai.

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba em primeira mão nossas novidades, eventos e promoções

Mapa da Cachaça

Mapa da Cachaça

O Mapa da Cachaça é uma premiada plataforma multimídia com o objetivo de compartilhar informações sobre a cultura, história, aromas e sabores do destilado brasileiro.

Quer receber no seu e-mail 5 aulas gratuitas sobre cachaça? Assine nossa newsletter exclusiva e durante 5 dias te enviaremos o melhor conteúdo sobre o destilado brasileiro!

Compartilhe esse artigo

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Dadinhos de madeira

Dadinhos de Madeira 1kg – Sem Tosta

Um quilo de dadinhos de madeiras sem tosta para envelhecimento acelerado. As opções de madeiras são: Amburana, Bálsamo, Carvalho, Castanheira, Cumaru, Eucalipto, Ipê, Jaqueira, Jequitibá, Putumujú

Comprar
Barril de amburana

Barril de amburana para envelhecer cachaça

Barril de diversos tamanhos da madeira amburana (Amburana cearenses) para envelhecer cachaça e outras bebidas como rum, cerveja e coquetéis.

Comprar
barril de balsamo

Barril de bálsamo para envelhecer cachaça

Compre barril de bálsamo para envelhecer bebidas e agregar novas cores, aromas e sabores ao seu destilado (cachaça, rum, uísque), cerveja ou coquetel.

Comprar
Adicionar um comentário
%d blogueiros gostam disto: