Mapa da Cachaça e oGangorra: Parceria pela mobilidade responsável - Mapa da Cachaça
Verallia

Mapa da Cachaça e oGangorra: Parceria pela mobilidade responsável

05 de 07 de 2013

Quem nunca saiu de casa com vontade de entornar o caneco e ver o mundo girar?

Exagerar na dose, apesar de não recomendado, é uma decisão estritamente pessoal onde o único responsável deve ser você. Ainda assim, nos preocupamos com a ressaca alheia e com uma combinação bem perigosa: bebida e direção!

Situações de risco (à sua vida e a dos outros) não precisam estar associadas ao consumo de bebida alcoólica, é possível sim ter atitudes responsáveis mesmo tomando belas doses de cachaça.

Como proteger os bêbados e os sóbrios do nosso Brasil?

A primeira solução é SEMPRE procurar outras maneiras de voltar pra casa do bar ou balada. Não importa a quantidade de álcool consumida: Vai beber? Não dirija! Nessas horas vale tudo: pedir carona aos amigos, pegar um táxi, escolher lugares possíveis de ir à pé, aproveitar os trens, metrôs e ônibus e até – por que não? – pegar a bicicleta.

Pensando nisso, o Mapa da Cachaça em parceria com oGangorra – um espaço que busca soluções de Mobilidade Urbana e Qualidade de Vida em São Paulo – vão incluir em seus trabalhos a temática do consumo consciente, responsabilidade no trânsito e as opções de transporte pela cidade.

A ideia aqui não é recriminar a bebida alcoólica, nós consumimos e adoramos. Como também não é recriminar o carro! Em ambos os casos a questão é a mesma: O USO RESPONSÁVEL!

Não é por multas. É por vidas!

Quer deixar o carro em casa?

Para facilitar separamos aqui alguns serviços que podem ser muito úteis pra quem está procurando soluções de transporte:

Mobilidade Urbana - Vai de Taxi

Bebeu? Vai de Taxi! É muito mais seguro e pode sair até mais barato do que ir de carro.

  • – Existem hoje no mercado diversos aplicativos disponíveis para facilitar a busca por um taxista mais próximo da sua região. Ele mapeia os carros por GPS e o serviço é 100% seguro. Baixe no seu celular: 99taxi, easyTaxi, moove taxi, taxibeat, entre outros.
  • – Para quem já usa a bicicleta como meio de transporte, ir e voltar de bares e baladas é super tranquilo, prático e barato. Só precisa se preocupar com o lugar de estacionar para garantir que seu meio de transporte esteja intacto na volta. Por isso invista em um bom cadeado e escolha locais iluminados e movimentados na hora de parar a bike. O que ajuda a sua segurança e da sua bicicleta é sair de casa sabendo se o local da balada é bikefriendly – para ajudar com essa questão o pessoal do Coletivo Cru criou o BikeIt – um mapeamento de lugares onde você e sua bicicleta serão bem tratados.
oGangorra - Coletivo que pensa mobilidade em SP

QG do oGangorra na Vila Madalena em São Paulo

  • – Se você não tem o costume de pedalar na cidade, chame um amigo pra te ajudar, ande em grupo ou aproveite e peça um Bike Anjo que nada mais é do que um ciclista experiente que ajuda os iniciantes, gratuitamente! Ele dá dicas de segurança, comportamento e trajeto.
  • – Outra informação legal aos pedalantes é que os metrôs e trens de São Paulo aceitam bicicletas em seus vagões diariamente depois das 20:30h, sábados a partir das 14h e domingos e feriados o dia todo.
  • – SEM PREGUIÇA! Pedalar e caminhar são atividades que ajudam a queimar o álcool ingerido, reequilibrando seu corpo e evitando uma bela ressaca no dia seguinte.

Nunca esqueça que se para ciclistas e pedestres não há Lei Seca, sempre contamos com a Lei da Gravidade. Portanto nada de abusos também.

Anúncios

PUBLICADO POR:

youtube google-plus facebook twitter instagram user filter list