saúde

Muito se fala que a ingestão de bebida alcoólica pode ser prejudicial à saúde, e com a cachaça não é diferente. Porém, o consumo consciente de cachaça pode trazer alguns benefícios para a saúde e desmistificar a imagem pejorativa vinculada com os efeitos do álcool no organismo.

A ingestão moderada de álcool tem a capacidade de dilatar a parede das veias e artérias, elevar a temperatura corpórea e facilitar o fluxo sanguíneo, prevenindo coágulos e doenças, como trombose. Estudos apontam que pessoas que consomem bebida alcoólica moderadamente possuem o HDL (colesterol bom) mais elevado que as demais, e o risco de infarto é indiretamente reduzido. A capacidade intelectual e raciocínio também podem ser melhorados com o consumo moderado, diminuindo até mesmo o risco de Alzheimer.

A quantidade ideal de cachaça a ser consumida varia de acordo com o metabolismo de cada indivíduo, assim como entre homens e mulheres. A Organização Mundial da Saúde (OMS) declara que o consumo diário ideal é cerca de 30g de álcool (etanol), o que corresponde à praticamente duas doses de cachaça.

Além do álcool (etanol), a cachaça possui concentrações de outros compostos oriundos da fermentação e envelhecimento, no caso daquelas que foram mantidas em barris de madeira. A qualidade da cachaça deve ser prezada, pois as concentrações de compostos contaminantes não devem ultrapassar os limites estabelecidos pela legislação brasileira, e assim, não colocar em risco a saúde do consumidor.

A cachaça envelhecida pode ser ainda mais benéfica. Compostos fenólicos, fornecidos pela madeira, possuem propriedades antioxidantes e anticoagulantes. Quanto maior for o contato da bebida com a madeira, maior a extração e concentração desses compostos na cachaça, e consequentemente, mais benefícios para a saúde. Diversos fenóis simples e polifenóis são encontrados em cachaça envelhecida, principalmente os elagitaninos, derivados de taninos hidrolisáveis da madeira. Polifenóis possuem capacidade anticoagulante que reduz o acúmulo de plaquetas no sangue e protegem contra doenças coronárias e câncer. A ação antioxidante favorece mecanismos de defesa do organismo e combatem fatores oxidantes, tais como radicais livres e o LDL (colesterol ruim).

Contudo, o consumo responsável da cachaça também possui influência positiva em fatores psicológicos. Estudos indicam maior otimismo, maior expectativa de vida, menos quadros de depressão e vida social mais intensa naqueles que apreciam moderadamente. Além disso, beber uma boa bebida é bíblico, “a bebida alegra o coração do homem”, sendo condenável a falta de controle, embriaguez e outros efeitos do consumo excessivo.

Referências

BAUM-BAICKER, C. The psychological benefits of moderate alcohol consumption: a review of the literature. Drug and Alcohol Dependence, Review Paper 15 (1985) 305-322

DAVID M. GOLDBERG, GEORGE J. SOLEAS, LEVESQUE, M. Moderate Alcohol Consumption: The Gentle Face of Janus. Clinical Biochemistry, 32 (1999) 505–518

Review of moderate alcohol consumption and reduced risk of coronary heart disease: is the effect due to beer, wine, or spirits? BMJ 1996; 312 doi: http://dx.doi.org/10.1136/bmj.312.7033.731 (Published 23 March 1996)

PEELE S. A., BRODSKY, A. Exploring psychological benefits associated with moderate alcohol use: a necessary corrective to assessments of drinking outcomes? Drug and Alcohol Dependence Review 60 (2000) 221–247

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba em primeira mão nossas novidades, eventos e promoções

Mapa da Cachaça

Mapa da Cachaça

O Mapa da Cachaça é uma premiada plataforma multimídia com o objetivo de compartilhar informações sobre a cultura, história, aromas e sabores do destilado brasileiro.

Quer receber no seu e-mail 5 aulas gratuitas sobre cachaça? Assine nossa newsletter exclusiva e durante 5 dias te enviaremos o melhor conteúdo sobre o destilado brasileiro!

Compartilhe esse artigo

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Dadinhos de madeira

Dadinhos de Madeiras 1kg – Tosta Média

Um quilo de dadinhos de madeiras com tosta média para envelhecimento acelerado. As opções de madeiras são: Amburana, Bálsamo, Carvalho, Castanheira, Cumaru, Eucalipto, Ipê, Jaqueira, Jequitibá, Putumujú

Comprar
Barril de amburana

Barril de amburana para envelhecer cachaça

Barril de diversos tamanhos da madeira amburana (Amburana cearenses) para envelhecer cachaça e outras bebidas como rum, cerveja e coquetéis.

Comprar
barril de balsamo

Barril de bálsamo para envelhecer cachaça

Compre barril de bálsamo para envelhecer bebidas e agregar novas cores, aromas e sabores ao seu destilado (cachaça, rum, uísque), cerveja ou coquetel.

Comprar
  • Hernane Carvalho
    março 27, 2015 at 10:46 am

    Caros excelente a matéria sobra a cachaça e seus benefícios, Parabéns pela mesma.

    Contudo, o que eu gostaria de saber é como eu faço para medir o “grau alcoólico de uma cachaça”. Pois eu trabalho com cachaça e não saberia dizer se o grau que consta na embalagem está correto. Ou seja, diz o rótolo que: 40%V para 700 ml.
    Dai vem a minha dúvida, tais como: se em “700 ml x 40v = 28 graus”. é assim que eu devo proceder na busca de teor alcoólico?
    Outra coisa, se eu baixar para 500 ml x 40v = 20* o teor alcoólico ?
    E mais se eu elevar para 1000 ml x 40% V = 40* Graus é isso mesmo?
    Estou falando da mesma cachaça, cuja mesma armazeno em toneis de 300 litros, Carvalho Americano.

    Era esta a minha solicitação no momento.
    Abraço,
    Hernane Carvalho
    hernanegcarvalho@gmaisl.com

    PS.: já fiz outras solicitações e não recebi resposta ok?

  • geraldo
    abril 22, 2015 at 10:44 am

    Bom dia a todos.Bebo todos os dias em média 500 mls. de cachaça.Não tenho ressaca,nem dores de cabeça,me alimento bem,bebo em média 4 litros de água por dia.Faço exames médicos todos os anos inclusive o gama GT com resultados bons.(gama GT média de 30),Tenho 51 anos,1.78 de altura e com 85 kgs,sou cachaceiro desde os 18 anos,mas somente de 1995 para cá que estou bebendo todos os dias.Pergunto a alguém que estiver lendo este comentário,e que conheça do assunto(médico) se devo continuar bebendo.Gosto muito de pinga,mas só bebo pinga pura produzida no processo artesanal e curtida no barril de carvalho.Antecipo agradecimento a que me responder de forma sincera.OBRIGADO.

  • geraldo
    abril 22, 2015 at 10:46 am

    Bom dia a todos.Bebo todos os dias em média 500 mls. de cachaça.Não tenho ressaca,nem dores de cabeça,me alimento bem,bebo em média 4 litros de água por dia.Faço exames médicos todos os anos inclusive o gama GT com resultados bons.(gama GT média de 30),Tenho 51 anos,1.78 de altura e com 85 kgs,sou cachaceiro desde os 18 anos,mas somente de 1995 para cá que estou bebendo todos os dias.Pergunto a alguém que estiver lendo este comentário,e que conheça do assunto(médico) se devo continuar bebendo.Gosto muito de pinga,mas só bebo pinga pura produzida no processo artesanal e curtida no barril de carvalho.Antecipo agradecimento a que me responder de forma sincera.OBRIGADO.2

    • Carlos
      abril 26, 2018 at 9:34 pm

      Tudo k e demais fãs mal 30 ml e bom passando disso pode se prejudicial a sua saúde amigo

  • ruberval
    julho 5, 2016 at 7:51 pm

    Cachaça,antes do almoço e jantar,moderado,,só saude.!

  • […] Consumida pura é para ser apreciada, pois seu alto teor alcoólico pode fazer a bebida “subir” muito rápido. De forma moderada, estudos comprovam que seu consumo faz até bem para a saúde. […]

  • Silvania
    maio 16, 2017 at 9:26 pm

    Gostaria de receber notícias sobre a produção de cachaça

  • Carlos
    abril 26, 2018 at 9:28 pm

    Eu uso a cachaça já bastante tempo numa medida pegue a minha saúde como colesterol enfim o meu médico disse ke não poderia come guase nada assim k descubri o benefício da cachaça eu como de tudo é o meu sangue está muito bem obrigado

  • Sebastiana Ribeiro de Almeida
    maio 3, 2018 at 6:19 pm

    Com certeza o consumo moderado da cachaça, são benéficos para o organismo, comecei a tomar faz pouco tempo, e me sinto muito bem.

  • Camilo Lorenzini
    novembro 22, 2018 at 10:23 pm

    A cachaça pura envelhecida em tonéis de madeira, em doses moderadas faz bem para a alma e o corpo .

  • […] Beber moderadamente não é prejudicial a saúde. E, segundo  Plínio Trabasso, médico infectologista do Hospital de Clínicas da Unicamp, consumir bebidas alcoólicas não aumenta as chances de contrair o vírus.  A infecção se dá quando a pessoa tem contato com secreções de um paciente infectado.  […]

  • Vitoria Andrade
    junho 12, 2020 at 5:32 pm

    Realmente!
    Ajuda em Norma Vidro Para Guarda Corpo, Sao Paulo – SP

Adicionar um comentário
%d blogueiros gostam disto: