Cachaça é ótima opção para os brindes do fim do ano. Confira algumas dicas de harmonização para Natal e Reveillon - Mapa da Cachaça
Verallia

Cachaça é ótima opção para os brindes do fim do ano. Confira algumas dicas de harmonização para Natal e Reveillon

21 de 12 de 2016

Chega o fim do ano e é sempre a mesma coisa: qual vinho harmoniza com o quê? Espumantes ficam incríveis ao lado da piscina, não ficam? Ainda assim, você quer cair na rotina e investir novamente neles? É fim de ano, época de arriscar e viver novas emoções. Por conta disso, que tal apostar em experiências muito mais divertidas e combinar sabores novos e inusitados?

Conversamos com o especialista Felipe Jannuzzi e ele selecionou alguns dos principais sabores do fim do ano, como peru, bacalhau e panetone. Para cada uma dessas delícias, dicas fundamentais.

Peru

Peru de Natal

Seu Peru de Natal nunca mais será o mesmo

A ave costuma ser servida com molhos agridoces. Portanto, uma cachaça intensa no nariz, sem ser enjoativa, é pedida certeira. Para acompanhar durante todo o jantar e não cansar, invista na Cachaça Tabaroa, que é envelhecida em carvalho europeu (tonel de 250 litros) e de bálsamo (5 mil litros). Ela apresenta um blend completo que contribui com o tempero das madeiras e o corpo da bebida para esta carne que é considerada leve.

Bacalhau

Bolinho de Bacalhau

Frituras com cachaça não tem como dar errado.

Este com certeza é o grande rei entre os pescados do fim de ano. Em versão de bolinho frito, o casamento do peixe com cachaça é imbatível. A receita da friturinha funciona como boa entrada, antes da ceia, e casa perfeitamente com cachaças armazenada em amendoim. Procure por rótulos que tragam frutas ao nariz, que tenham boa picância na boca e corpo presente. Uma opção interessante é a Mato Dentro Amendoim.

Panetone

Panetone

O clássico natalino! Uma dica também é acompanhar uma bola de sorvete de creme e usar a cachaça como uma cobertura etílica especial.

A cachaça Terra Vermelha é rica em sabores que remente a frutas cristalizadas e tem ótima harmonia junto ao pão de natal. É armazenada por 6 anos em jequitibá-rosa, o que desperta aromas de baunilha, mas mantém a presença vegetal da cana-de-açúcar. Na boca, ela começa doce e termina com uma sensação levemente amarga. Experiência semelhante a de quando comemos aquelas laranjas cristalizadas (habitualmente servidas junto ao café) e que, na receita original do panetone, também está presente na massa.

Chocotone

Chocotone

Para quem não gosta do tradicional panetone, a versão com chocolate comporta uma harmonização com cachaça envelhecida em amburana.

Para os formigões de plantão, que preferem a versão “menos light” do pão natalino, ótima pedida é a cachaça Da Quinta Amburana. Por conta da madeira, aromas de baunilha estão presentes e irão combinar muito bem com o doce. A madeira também aportar canela ao destilado que enriquece ainda mais a experiência com o chocotone, pois adiciona um toque de especiarias e picancia.

Mousse de chocolate

Mousse Chocolate do Mocotó

Mousse de chocolate meio amargo combina com cachaças envelhecidas em bálsamo, faça o teste.

Por aqui, a pedida é o bálsamo, não tenha dúvida. Devido à grande doçura das sobremesas, é preciso uma cachaça que traga especiarias e uma leve adstringência, o que é fácil de encontrar na Cachaça Havaninha.

Frutas (pêssego, manga, abacaxi e passas)

Caipirinha Frutas Amarelas

Vamos falar a verdade… Não importa a época do ano para tomar uma boa caipifruta!!!

Amadas por uns e odiadas por tantos outros, as frutas que estão presentes no arroz podem ser destinadas a um fim mais nobre: uma caipirinha de frutas amarelas. Utilize uma aguardente Rainha Paraibana e brinde à família com uma opção de fazer qualquer um pedir bis.

Rabanada

Rabanada

Geralmente o pessoal come rabanada no café-da-manhã, mas se decidir comer mais ao longo do dia uma cachaça pode ser uma boa companhia.

Por aqui também não temos dúvida: amburana! Utilize uma versão pesada e adocicada da bebida, caso da Harmonie Schnapps Amburana.

Salpicão

Salpicão

O prato de entrada pode acompanhar também uma cachacinha mais leve e sem envelhecimento.

Uma das “saladas” mais famosas no natal brasileiro, o salpicão traz vários sabores complexos. Entre eles, salsão e uvas passas pedem por cachaças mais vegetais, sem muita madeira, e que tragam frescor e uma sutil lembrança agridoce. A Encantos da Marquesa Blend de Canas é tiro e queda. Uma dica importante é deixar a cachaça descansar no copo, pois ela desenvolve sabores que lembram pepino e conserva.

Anúncios

PUBLICADO POR:

youtube google-plus facebook twitter instagram user filter list