Coquetel com pequi e cachaça Porto do Vianna é a cara do cerrado brasileiro - Mapa da Cachaça
Verallia

Coquetel com pequi e cachaça Porto do Vianna é a cara do cerrado brasileiro

01 de 10 de 2019

O mixologista da Gouveia Brasil, Rafael Welbert, prepara o coquetel Paixão feito com pequi, fruta característica do cerrado brasileiro.

Coquetel com pequi e cachaça

O coquetel ‘Paixão’ traz na receita a fruta nativa do cerrado brasileiro, o pequi, e cachaça Porto do Vianna

O projeto Coquetelaria Gouveia Brasil é uma iniciativa para promover a cachaça como a estrela principal de coquetéis que valorizem o Brasil. Portanto, nada mais em sintonia que um coquetel feito com pequi, uma fruta nativa do cerrado.

O mixologista da marca, Rafael Welbert, propôs 5 receitas originais com o destilado nacional, que trazem essa raiz brasileira nos aromas e sabores. Já falamos aqui das receitas ‘Beba com Inteligência’ e ‘Arte & Elegância’. Dessa vez, a proposta é o coquetel ‘Paixão’, feito com pequi e cachaça Porto do Vianna Tradicional.

De acordo com Welbert, que também é chefe de bar do Balaio IMS, de São Paulo, a escolha da fruta, que é bastante usada na culinária goiana, foi devido ao aromas e sabores peculiares que ela oferece e também a cor amarelo vibrante.

“Para criar este coquetel, utilizei uma fruta muito interessante e de sabor marcante, o pequi. Árvore nativa do cerrado brasileiro, que dá esse fruto, no mínimo curioso, e de muitos espinhos. Quem não tiver cuidado ao roer o fruto, pode prejudicar seriamente a gengiva e o palato”, comenta o Rafael.

Para o coquetel, Welbert fez um creme de pequi, que trouxe cremosidade ao drink, e para acentuar a característica cítrica da fruta, o mixologista combinou também o sabor do maracujá. Para exaltar notas mais amargas e frutadas, foi-se utilizado Aperol e limão siciliano.

A cachaça Porto do Vianna Tradicional

Para a cachaça do coquetel foi escolhida a Porto do Vianna Tradicional, uma cachaça leve que  harmoniza com a acidez e citricidade do pequi, além de contribuir com doçura trazendo aromas de rapadura e mel.

Feita de forma artesanal, com a utilização de canas selecionadas, a dupla destilação em alambique de cobre deixa a bebida muito leve na boca, com sabores cítricos e frutados mais suaves, já que foi pensada para ser uma bebida saborosa, autêntica e que harmonizasse bem com os mais variados tipos de coquetéis.

Confira abaixo os ingredientes e o modo de preparo do coquetel ‘Paixão’:

Anúncios

Receita

Receita

Coquetel Paixão

Autor

Rafael Welbert

Ingredientes

60 ml de Cachaça Porto do Vianna Tradicional (branca);
10 ml de suco de limão siciliano fresco;
05 ml de xarope de açúcar;
25 ml de Aperol;
20 ml de creme de pequi;
15 ml de néctar de maracujá amarelo.

Guarnição:
Broto de hortelã.

Modo de preparo

01. Bata todos os ingredientes na coqueteleira com gelo.
02. Coe dentro de um copo estilo long drink com gelo.
03. Use o broto de hortelã para a decoração.

PUBLICADO POR:

Comentários

Seleção de Cachaças

youtube google-plus facebook twitter instagram user filter list