Apotekose, um novo coquetel clássico brasileiro, por Thiago Ceccotti - Mapa da Cachaça
Verallia

Apotekose, um novo coquetel clássico brasileiro, por Thiago Ceccotti

06 de 04 de 2019

A receita de Thiago Ceccotti inspirada num estilo de coquetel clássico foi prata no Campeonato Arte da Cachaça e é daqueles que vale a pena experimentar. Veja a receita completa!

O mineirinho Thiago Ceccotti, que recebeu o macerador de prata no campeonato Arte da Cachaça, da Leblon, mandou bem demais na criação para a final, com o Apotekose, uma mistura cachaça, vermute seco, bitter e licor herbal que já nasceu como um clássico.

Thiago nos contou que sempre fez coquetéis para seus amigos, mas foi no Oliver Art Bar, em Belo Horizonte, que começou sua carreira atrás dos balcões. Passou por algumas casas, conheceu grandes nomes da coquetelaria brasileira, como Tony Harion e Filipe Brasil, até que decidiu abrir sua própria empresa de consultoria, a Ducktails. Em 2015, Ceccotti voltou aos balcões, desta vez no DUB, com seu amigo e sócio, João Morandi, onde comanda o bar com a ajuda de seu primeiro mentor, Mário de Abreu.

Thiago Ceccotti, coquetel clássico inspirou a receita do Apothekose

Thiago Ceccotti, coquetel clássico inspirou a receita do Apothekose

Sobre o Apotekose, Thiago apresentou dizendo que seu drinque foi inspirados nos coquetéis clássicos aromáticos e amargos, como o Gim & Tônica ou o Negroni, e que é um drinque que respeita os ingredientes e que homenageia as mais diversas culturas – dos italianos, com o vermute, aos franceses, com o licor Benedictine. Nós provamos, aprovamos e adoramos este drinque, simples de fazer em casa, com sabores complexos e muito equilibrados. Mãos à obra:

Coquetel Apotekose, do Thiago Ceccotti

Coquetel Apotekose, do Thiago Ceccotti

Receita

Autor

Thiago Ceccotti

Ingredientes

67,5 ml de Cachaça Leblon
22,5 ml Martini Dry
15 ml Cynar
5 ml Benedictine

Modo de Preparo

Adicionar todos os ingredientes em um copo com gelo e mexer. Decorar com um gomo de limão ao fundo do copo.

Dicas

Quanto ao Benedictine na receita, você pode substituir por praticamente qualquer licor herbal com toque de especiarias, como o Drambuie, Strega, Chertreuse.

PUBLICADO POR:

youtube google-plus facebook twitter instagram user filter list