Cachaçaria Lamparina, uma casa especializada em cachaça na capital mundial dos botecos - Mapa da Cachaça
Verallia

Cachaçaria Lamparina, uma casa especializada em cachaça na capital mundial dos botecos

02 de 06 de 2019

Além de carta especializada, na Cachaçaria Lamparina em Belo Horizonte dá para beber coquetéis com cachaça, como Macunaíma, Caipirinha e Rabo de Galo. O cachaceiro e sommelier Bruno Videira nos conta mais sobre essa cachaçaria localizada na capital mundial dos botecos.

Cachaçaria Lamparina no Mercado Novo de BH

Localizado no Mercado Novo de Belo Horizonte

Belo Horizonte, carinhosamente chamada de BH, é conhecida como “Capital Mundial dos Botecos”. A capital mineira ganhou esse título com Lei Municipal 9714/2009 que ainda estabeleceu o terceiro sábado do mês de maio como o Dia Municipal dos Botecos. Segundo levantamento da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio de dados da Prodabel, mostra que a capital tem 28 bares a cada quilômetro quadrado, com aproximadamente 9,5 mil estabelecimentos cadastrados, agora com mais um voltado exclusivamente a bebida mais brasileira de todas, a cachaça!

A ideia de criar uma casa voltada somente para cachaça surgiu dos amigos e empreendedores Thales Campomizzi e Guilherme Costa, que viram uma oportunidade de valorizar a cachaça e os pequenos produtores que por sua vez não tinham espaço nos outros bares e restaurantes. A dupla viajou mais de 5 mil quilômetros pelo interior do estado conhecendo as cachaças e a história dos produtores.

O local escolhido para Cachaçaria Lamparina foi o Mercado Novo, inaugurado em 1960, esteve um pouco parado no tempo e tem retomado suas atividades na região central de BH com uma nova curadoria que preserva antigas características do local, como fachadas, identidades visuais da época e uma criteriosa seleção para entrada de novos empreendimentos que vai da cerveja artesanal, charcutaria, barbearia, gin, cafés direto dos produtores e o que faltava: cachaça!

prateleira de cachaça na Cachaçaria Lamparina

Na carta cachaças como Santo Grau Coronel Xavier Chavés, Tiê e Severina do Popote

O conceito da Lamparina é de empório antigo e do interior de Minas Gerais, com um grande e centenário balcão, com as prateleiras cheias de cachaças selecionadas direto dos produtores, com marcas conhecidas e consagradas no mercado como a tradicional Cachaça Século XVIII de Coronel Xavier Chaves e a debutante e já premiada Cachaça Tiê que voou de Aiuruoca para o mundo e foi considerada a terceira melhor branquinha do país em um ranking realizado em 2018. Outros destaques são a aguardente de melado Farrista de Martinho Campos, Cachaça Lenda Mineira de Tarumirim, Melicana de Bom Despacho e a Severina do Popote de Araçuaí, dentre outras preciosidades.

Quando Thales e Guilherme me procuram com a ideia da cachaçaria, achei a proposta bem interessante e sugeri para além das cachaças trabalharem com coquetelaria, trazendo receitas tradicionais e também  novos e queridinhos drinks do momento. Lá é possível provar da caipirinha tradicional de limão e cachaça (R$ 15,00), passando pelo Rabo de Galo (R$11,00), servido no copo original, também o “Burrin de Minas” (R$ 15,00) releitura com cachaça do Moscow Mule.

caipirinha coquetel com cachaça

A clássica Caipirinha está na carta da cachaçaria

Macunaíma Coquetel com cachaça

Macunaíma, criado por Arnaldo Hirai é uma excelente pedida na Cachaçaria Lamparina

Na Lamparina o sucesso disparado é do coquetel brasileiro que já nasceu clássico, o Macunaíma, que saiu do Bar Boca de Ouro em São Paulo e como a saga do “herói sem nenhum caráter” de Mário de Andrade, saiu em peregrinação pelo país e chegou em BH e já virou o queridinho do momento. Os preços da cachaçaria são bem justos, o Macunaíma sai por R$ 13 e as doses variam de R$ 8,00 a R$ 15,00. Também é possível comprar as garrafas com uma embalagem exclusiva para presente.

Quando a gente pede a dose da cachaça por lá recebemos um “casadinho” que foi uma proposta de harmonização que ajudei a desenvolver, que vai do torresminho ao queijo com melado de cana. É uma delícia acompanhar a caninha acompanhado com petisco de produtores locais ali do próprio mercado.

 

Crédito Fotos: Léo Lima – @itsmeleolima

Anúncios

Informações Gerais

Cachaçaria Lamparina: Na Cachaçaria Lamparina em Belo Horizonte é possível beber cachaça de alambique e coquetéis com cachaça, como Macunaíma, Caipirinha e Rabo de Galo.
https://instagram.com/lamparina.cachacaria
Endereço

Avenida Olegário Maciel, 742 | 2º andar,
Belo Horizonte - Minas Gerais

Horário:

Horário: Quinta à domingo - 18h00 - 0h00.

Instagram

@lamparina.cachacaria

PUBLICADO POR:

youtube google-plus facebook twitter instagram user filter list