Rio de Janeiro inaugura laboratório para indústria da cachaça
Verallia

Rio de Janeiro inaugura laboratório para indústria de cachaça

02 de 03 de 2015

O Rio de Janeiro é um dos estados em maior ascensão quando o tema é cachaça, tornando-se, atualmente, um dos maiores polos de excelência na bebida. No mês de fevereiro, o estado ganha uma importante força extra no aprimoramento de sua produção, em um momento muito oportuno para a economia do segmento no Rio de Janeiro: um laboratório especializado no assunto, para atender à demanda da indústria de cachaça fluminense.

O investimento, vindo do Sistema FIRJAN, em conjunto com o Centro de Tecnologia SENAI (CTS) Alimentos e Bebidas, em Vassouras (RJ), foi de cerca de R$600 mil, e conta com equipamentos de alta tecnologia, como o CG Massa, equipamento de última geração importado do Japão, utilizado para identificar substâncias por meio do método Cromatografia Gasosa – Espectrometria de Massa (CG-EM).

Segundo Antonio Tavares, gerente executivo do CTS Alimentos e Bebidas, com os aparelhos instalados, será possível fazer análises mais profundas, para detectar quantidades mínimas de substâncias, como pesticidas, aromas etc. Para a presidente da Associação de Produtores de Cachaça do Estado do Rio de Janeiro (Apacerj), Kátia Espírito Santo, os empreendimentos do setor se tornarão mais ágeis e competitivos, pois os equipamentos e técnicas poderão ser utilizados também por outros segmentos, como o de alimentos. “Com o suporte laboratorial, não precisaremos enviar os produtos para serem analisados em outros estados”, reforça. Kátia destaca também que o CTS oferece, ainda, capacitação de mão de obra e orienta o produtor, ressaltando que “o CTS é referência em cervejas e será também de cachaça”.

A cachaça no Rio de Janeiro

Selo Cachaças do Rio de Janeiro

Selo irá acompanhar as cachaças produzidas no Rio de Janeiro.

A bebida produzida no estado já corresponde a 15% da receita de exportação da cachaça no Brasil, sendo exportada para mais de 60 países, com faturamento de R$5,6 milhões. Em 2013, o estado lançou seu selo de identificação de origem, que garante a procedência e qualidade de produtos animais e vegetais produzidos no território fluminense, identificado pelo selo “Produzido no RJ“. Neste ano, as cachaças fluminenses também ganharam um selo especial, em homenagem ao aniversário de 450 anos da cidade do Rio de Janeiro.

Anúncios

PUBLICADO POR:

Comentários

Seleção de Cachaças

youtube google-plus facebook twitter instagram user filter list