Entenda porque a exportação de cachaça para o exterior diminuiu em 2020

Exportação de Cachaça

Os produtores têm investido cada vez mais na exportação de cachaça. Segundo o Instituto Brasileiro da Cachaça (Ibrac), o Brasil exporta seu destilado mais tradicional para mais de 65 países, entre eles, Alemanha, Bélgica e França.

Apesar de ter um pequeno crescimento em alguns países como Alemanha, Bélgica e França, em geral, a queda no volume de exportação de cachaça foi considerável em 2020. Dados do mercado apontam que as exportações brasileiras de cachaça caíram 23,9% com relação ao ano anterior.

Para que entenda melhor esse contexto de queda das exportações brasileiras de cachaça, continue a leitura.

Exportações brasileiras de cachaça: um breve panorama

O Brasil nos últimos anos tem investido no aumento das exportações de cachaça. A título informativo, nos últimos cinco anos, o Brasil exportou os seguintes números:

• Em 2015, esse mercado exportou 7,77 milhões de litros de cachaça, movimentando cerca de US$ 13,3 milhões;

• Em 2016, a exportação cresceu 4,62% em valor e, em volume, 7,87%, com relação ao ano anterior. O Brasil exportou 8,38 milhões de litros de cachaça e movimentou US$ 13,9 milhões;

• Já em 2017, a exportação gerou uma receita de US$ 15,81 milhões, apontando, portanto, uma alta de 13,43% na comparação com 2016;

• Em 2018, o setor de exportação sofreu um decréscimo com relação ao valor (faturou US$ 15,61 milhões), mas no que diz respeito à exportação, houve um aumento de volume 3,80% (8,41 milhões de litros).

• Já em 2019, a cachaça brasileira foi exportada para 67 países, gerando uma receita de US$ 14,6 milhões. Como se pode perceber, houve uma queda de faturamento em 2019 na comparação com 2018. O mesmo ocorreu com relação ao volume de litros exportados. Em 2019, apenas 7,26 milhões de litros de cachaça foram exportados.

Esses dados da Comex Stat, site que reúne gratuitamente as estatísticas de comércio exterior no Brasil.

E em 2020, o que aconteceu para que a exportação diminuísse?

O ano de 2020, assim como o de 2019, não foi positivo para o mercado de exportação de cachaça brasileira. Segundo o Ibrac, apenas 5,57 milhões de litros de cachaça foram exportados em 2020, queda de 23,9% com relação ao ano anterior, que, como vimos, já não foi tão positivo. No que diz respeito ao valor, faturou apenas US$ 9,5 milhões, valor 34,8% menor que os US$ 14,6 milhões movimentados no ano anterior.

Segundo o diretor executivo do Ibrac, Carlos Lima, o principal fator para a queda das exportações como um todo (em 2020) foi o contexto econômico e social gerado pela pandemia da Covid-19, a qual impôs a diversos países a difícil medida de isolamento social. Com isso, muitos bares e restaurantes fecharam suas portas temporariamente, o que fez com que muitos deles deixassem de abastecer seu estoque de cachaça e destilados. Fora isso, muitos países adotaram o lockdown, inviabilizando as operações do mercado internacional.

No começo de 2021, o lockdown ainda acontece em países europeus e em alguns estados norte-americanos, dois dois principais mercados para exportação do destilados brasileiro.

Quais foram os países que mais importaram cachaça em 2020?

Os principais importadores em volume:

  • Paraguai (26,12%);
  • Alemanha (19,79%);
  • França (12,50%);
  • Estados Unidos (12,47%);
  • Portugal (4,55%).

Os 5 principais mercados em termos de arrecadação são:

  • Estados Unidos (23,41%);
  • Alemanha (13,99%);
  • França (11,86%);
  • Paraguai (10,79%);
  • Itália (5,37%).

O que achou deste conteúdo? Esperamos que você tenha gostado! Para não perder uma notícia não deixe de assinar nosso mailing.

Mapa da Cachaça

Mapa da Cachaça

O Mapa da Cachaça é uma premiada plataforma multimídia com o objetivo de compartilhar informações sobre a cultura, história, aromas e sabores do destilado brasileiro.

Quer receber no seu e-mail 5 aulas gratuitas sobre cachaça? Assine nossa newsletter exclusiva e durante 5 dias te enviaremos o melhor conteúdo sobre o destilado brasileiro!

Compartilhe esse artigo

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Dadinhos de madeira

Dadinhos de Madeira 1kg – Sem Tosta

Um quilo de dadinhos de madeiras sem tosta para envelhecimento acelerado. As opções de madeiras são: Amburana, Bálsamo, Carvalho, Castanheira, Cumaru, Eucalipto, Ipê, Jaqueira, Jequitibá, Putumujú

Comprar
mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário

    Curso

    Aprenda o Essencial da Cachaça

    R$190

    Já se inscreveu no Mapa da cachaça?

    40 mil já fazem parte da nossa comunidade.

    Se inscreva agora e receba no seu e-mail o melhor do Mapa da Cachaça