Pai da Cachaça

 

Saudade, tenho saudade do rincão daonde eu nasci,

De uma água cristalina e da cachaça que eu bebi

De uma água cristalina e da cachaça que eu bebi

 

A cachaça é minha prima, o vinho é meu primo-irmão,

Eu com ela na cabeça e ela comigo no chão.

 

Pertinho de um alambique eu vou fazer minha sepultura (2x)

Pois mesmo depois de morto quero viver na fartura.

 

Quando eu morrer ninguém morre, quem morre são as garrafas, (2x)

quero que o povo diga: “morreu o pai da cachaça”.

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba em primeira mão nossas novidades, eventos e promoções

Mapa da Cachaça

Mapa da Cachaça

O Mapa da Cachaça é uma premiada plataforma multimídia com o objetivo de compartilhar informações sobre a cultura, história, aromas e sabores do destilado brasileiro.

Quer receber no seu e-mail 5 aulas gratuitas sobre cachaça? Assine nossa newsletter exclusiva e durante 5 dias te enviaremos o melhor conteúdo sobre o destilado brasileiro!

Compartilhe esse artigo

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário