Crônicas & Contos - Amizade Masculina - Mapa da Cachaça
Verallia

Amizade Masculina

08 de 04 de 2011

– Toma uma pinguinha comigo?

– Hum, acho que estou tranquilo, cara.

– Como assim? Pô, você nunca vem aqui, tem uma pinga que meu pai trouxe dumas andanças dele lá por Minas e eu tava esperando uma ocasião especial pra abrir. Como não apareceu nenhuma, resolvi tomar contigo, anima?

– Encantador, cara, mas eu estou tranquilo, mesmo. Não vou me opor se você resolver tomar uma enquanto a gente conversa. Fique a vontade, jovem, afinal de contas, a casa é sua.

– Ok. Vou servir uma dose, qualquer coisa você toma da minha, pode ser?

– Feito.

Foi rápido pra cozinha, serviu a dose num copo desses que a gente rouba no bar e voltou para sentar ao lado do amigo – que tinha uma cara mais preocupada do que o saudável.

– Bixo, você não tá com uma cara boa. Qué pasó?

– Minha libido.

– Sua o quê?

– Minha libido. Estou cansado e minha libido tá lá no dedão do pé. Toda vez que vejo alguma coisa que me excita, parece que meu corpo tem vida própria e pensa duas vezes antes de responder. Ou melhor, pensa duas vezes, fica de saco cheio e desiste.

– Desiste?

– É, cara. Parece que meu pau está cansado, entendeu?

– Poxa, mas isso é normal, não? Quer dizer, nunca aconteceu comigo, mas acho que um dia vai acontecer, não vai? Você usou demais e gastou, cara, é isso. Relaxa e bebe a pinga.

– Não, cara, não usei demais, aliás, faz tempo que não saio com alguém. Tô sempre pensando no que fazer, avalio ela de todas as formas possíveis e aí já são 3h da manhã, tenho que acordar cedo no outro dia e volto pra casa num táxi, sozinho.

– Bom, você está ficando velho e chato. E brocha.

– Então, cara! Isso é o que me aflige! Eu estou virando um cara velho, chato e brocha! Tô negando fogo! Na próxima vez que eu ver uma mulher pelada vou dormir…

– Vir.

– O quê?

– “Na próxima vez que eu vir uma mulher nua”.

– Vai se foder.

– Cara, já sei, bebe a pinga. Pinga me deixa taradão – é um santo afrodisíaco.

– Como é que é?

– É verdade, cara. Toda vez que eu estou numa festinha mais ou menos, tomo uma dose de cachaça e a coisa fica animada. Isso que você tá sentindo é insegurança, cara. Você deve ter dado uma de Ligeirinho certa vez e agora tá com medo. Cachaça me faz demorar o dobro pra terminar as coisas. Vem na minha.

– Terminar?! Eu não tô conseguindo começar, cara! E não projete em mim o que aconteceu com você, meu caro! Ligeirinho é o seu passado! Eu nunca tive problemas com isso, eu sou um artista na cama! Elas sempre me imploravam pra acabar, pra vir junto comigo, me arranhavam, me deixavam roto enquanto eu tirava o último fôlego delas. Eu conseguia passar da meia noite às 6h dando prazer pra mulher que estava comigo! Eu conseguia! E agora, com 27 anos, eu não levanto mais nada e qualquer discussão me faz querer começar a chorar! Tá vendo? Minha voz já tá começando a ficar embargada! Meu deus, o que tá acontecendo comigo?!

– Cara, você tem 30 e está a meio caminho de virar um tiozão cedo demais, vida que segue. Agora, relaxa e bebe a porcaria da pinga!

 

Anúncios

PUBLICADO POR:

youtube google-plus facebook twitter instagram user filter list