História da Cachaça

A cachaça Princesa Isabel Tradição, mais conhecida como Corrupião, é uma homenagem aos produtores de cachaça de Salinas e sua tradição em envelhecer cachaça em barris de bálsamo, madeira que aporta aromas de especiarias e ervas aos destilados.

Assim como os produtores do norte de Minas Gerais, a Princesa Isabel Corrupião tem no bálsamo a sua principal identidade sensorial. O restante do blend traz a assinatura inovadora desses produtores capixabas - e inovação, sem deixar de lado a tradição, já virou virou identidade da marca Princesa Isabel. 10% da Princesa Isabel Corrupião é composto por uma cachaça armazenada em dornas de jaqueira de 5 mil litros por 1 ano. A jaqueira, madeira asiática, traz aromas florais e de frutas amarelas maduras ao destilado.

Tipo de cachaça
Dados da cachaça
  • Nome da cachaça
    Princesa Isabel Corrupião
  • Faixa de preço
    $$
  • Ativa no mercado
    Sim
  • Trademark
    Princesa Isabel
  • Orgânica
    Sim
  • Cana própria
    Sim
  • Levedura
    Levedura selecionada
  • Destilação em
    Alambique de cobre
  • Estandardizada
    Não
Volume
Teor alcoólico
Localização

Estrada Bebedouro x Baunilha, Km 26 - Desengano, Linhares -

Detalhes de envelhecimento

É um blend com 90% de cachaça envelhecida em barris de bálsamo de 700 litros por 1 ano.

Video
    mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar uma avaliação

    Já se inscreveu no Mapa da cachaça?

    40 mil já fazem parte da nossa comunidade.

    Se inscreva agora e receba no seu e-mail 5 aulas sobre cachaça!