Tradição e modernidade nas garrafas da Velho Alambique - Mapa da Cachaça
Verallia

Tradição e modernidade nas garrafas da Velho Alambique

14 de 10 de 2019

Cachaçaria Velho Alambique, localizada na Serra Gaúcha, usa garrafas da Verallia para assegurar a diferenciação de seus produtos e conquistar novos mercados

Esse artigo é um publieditorial produzido em parceria com a Verallia.

No coração da Serra Gaúcha, em meio à rota do vinho e da uva, a pequena Santa Teresa, com cerca de 2 mil habitantes é terra de descendentes de imigrantes poloneses e italianos. A pequena cidade, às margens dos rios Taquari e Barra Mansa é considerada por sua arquitetura e sua cultura como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Mas é muito mais do que uma atração turística, é a terra da Velho Alambique, destilaria fundada em 2001 e que deu continuidade à uma tradição de 100 anos desenvolvida por imigrantes italianos na região: produzir cachaça artesanal.

“Nós começamos sem nada de estrutura física e muito pouco de estrutura de conhecimento. Mas a gente foi aprendendo que tem de fazer sempre o que tem de melhor em busca do cliente que aprecia a nossa cachaça”, acrescenta Ivandro Remus, sócio-diretor da empresa.

Foi de Ivandro a iniciativa de conciliar práticas empresariais inovadoras e o respeito à cultura local de colheita e moagem, deixando no passado o tempo em que a cachaça era vendida em garrafões, de porta em porta, apenas para moradores da vizinhança.

Buscar a perfeição, o aprimoramento da produção a cada safra que passa é o lema da cachaçaria gaúcha, hoje reconhecida internacionalmente. Não é por acaso, que seus produtos já conquistaram, além de várias premiações nacionais, a medalha de prata, em 2013, e a medalha Gran Ouro, em 2015, no Concurso Mundial de Bruxelas para vinhos e destilados. Neste sentido, para a Velho Alambique, tão importante quanto o conteúdo é a apresentação de seus produtos, a forma como se apresentam ao consumidor. Por isso, utiliza garrafas produzidas pela Verallia, , uma das maiores fabricantes de embalagens de vidro para alimentos e bebidas do mundo, com três fábricas em operação no Brasil.

A cachaçaria dos Remus tem três marcas em seu portfólio:

Cachaça Velho Alambique

Cachaça Velho Alambique Carvalho

Certificada como produto orgânico essa cachaça é produzida integralmente com a cana cultivada sem o uso de aditivos químicos. É oferecida nas versões prata e quatro variedades premium:  Blend, Carvalho (medalha de ouro na Expocachaça e Grande Ouro no Concurso Nacional de Vinhos e Destilados deste ano), Amburana e Cabreuva (Medalha de Prata também no Concurso Nacional de 2019). Todas são envasadas na tradicional garrafa Cachaça do Brasil, de 700ml, assinada pela Verallia.

A Locomotiva

Garrafa da cachaça A Locomotiva

Também produzida com cana colhida nos canaviais da Velho Alambique, sem o uso de aditivos químicos, é comercializada nas versões ouro e prata. E também envasada na garrafa Cachaça do Brasil desenvolvida pela Verallia na versão 700ml.

Locomotiva, inspiração para os produtores da cachaça Velho Alambique do Rio Grande do Sul

A cachaçaria Velho Alambique se inspirou na locomotiva que passa pertinho do alambique para batizar uma de suas cachaças

Cachaça Cenário

Cachaça Cenário - Velho Alambique

Cachaça Extra-Premium, lançada em 2015 com uma de tiragem limitada e qualidade diferenciada, é envelhecida durante cinco anos em barris especiais, fabricados com blend de três madeiras: carvalho, grápia e angico.

Principal estrela da companhia, a Cenário é envasada na garrafa Oxford da Selective Line, linha de embalagens premium da Verallia, Com design arrojado e exclusivo, essa garrafa de 700 ml é produzida com vidro extra-branco e tem no requinte de sua arquitetura e na qualidade ímpar suas principais características de diferenciação.

“Toda a nossa linha de cachaças utiliza garrafas da Verallia. Quando decidimos lançar a Extra Premium Cenário precisávamos de uma garrafa que representasse uma verdadeira inovação para um produto tão exclusivo”, diz Ivandro Remus, justificando a escolha da Oxford.

Unir a modernidade e a tradição, a tecnologia e a preservação dos processos artesanais é o desafio que marca a trajetória vitoriosa da Velho Alambique. Seu grande diferencial é ter controle total sobre a procedência da cana que entra na cachaçaria, de ter 100% dos canaviais que produzem a Velho Alambique sendo certificados como orgânicos. “Aqui, nós mesmos vamos à lavoura acompanhamos todo o processo de produção do começo ao fim”, conclui o sócio-diretor da companhia.

Produtores da Velho Alambique - Ivandro Remus e Equipe da Verallia

Da esquerda para a direita: Suzana Lazzari, Gerente de Contas da Verallia, Quintin Testa, Diretor Geral Verallia para Latam, Ivandro Remus, sócio-diretor da Velho Alambique e Alexandre Oliveira, Gerente Comercial da Verallia, celebrando a parceria entre a Verallia e a cachaçaria Velho Alambique

Anúncios

PUBLICADO POR:

Comentários

Seleção de Cachaças

youtube google-plus facebook twitter instagram user filter list