caju com cachaça

É possível harmonizar cachaça com todos os pratos de um almoço ou jantar. A bebida brasileira combina bem com carnes, frutas, doces e até com charutos e cervejas. A seguir, navegue pelo Mapa da Cachaça através das diferentes opções de harmonização

Dos aperitivos de entrada, passando pelos pratos principais até a sobremesa, diferentes cachaças se apresentam como companheiras perfeitas para tornar especial um almoço ou jantar. 

Assine nossa newsletter para receber receitas de pratos e coquetéis com cachaça, além de dicas de harmonizações.

Navegue pelas diferentes cachaças que harmonizam com pratos, ingredientes e momentos especiais​

Tira-gosto: Torresmo com Caipirinha

Almoços de domingo merecem começar com torresminho, um dadinho de tapioca, uma coxinha, bolinho ou croquete acompanhado de uma boa cachaça branca ou uma caipirinha. Essas frituras tipicamente brasileiras são receitas certas para harmonizarem com cachaças

Caipirinha e torresmo
Uma das melhores combinações da gastronomia brasileira: caipirinha 3 limões com torresmo

Sugestão de harmonização:

Cachaça com diferentes tipos de queijos

Os tipos de queijos fortes e duros, como parmesão e pecorino, harmonizam bem com uma das receitas mais clássicas da coquetelaria brasileira, o rabo de galo.

O coquetel também é um ótimo aperitivo e digestivo para quem gosta de bebidas amargas. Se você é fã de Negroni, por exemplo, não deve deixar de experimentar o Rabo de Galo.

Rabo de Galo
Clássico Rabo de Galo combina com queijos como parmesão

Queijos fortes e cremosos como gorgonzola e roquefort harmonizam com cachaças adocicadas e condimentadas. 

Procure cachaças amenas, com teor alcóolico entre 38% a 42%, envelhecidas em madeiras como amburana, ariribá, canela-sassafrás e carvalho.

Sugestão de harmonização:

Peixes e frutos do mar harmonizam com cachaças branquinhas

Praia, calor, mar e ostras frescas, lula à doré e peixes fritos acompanham uma boa cachaça pura recém-tirada do congelador. Escolha uma variedade leve, suave, com teor alcoólico ameno e notas minerais e vegetais.

Na maioria das vezes, peixes e frutos do mar não harmonizam bem com cachaças muito envelhecidas (acima de 1 ano) – os taninos presentes na madeira combinados com o iodo dos frutos do mar favorecem a sensação metálica excessiva na boca.

Sugestão de harmonização:

Frutas: acidas, doces e adstringentes e diferentes tipos de cachaças

A cachaça nasceu para combinar com frutas tropicais, especialmente aquelas mais ácidas e doces. A caipirinha talvez seja a manifestação mais feliz desse casamento. Mas a mistura pode funcionar muito melhor com a escolha da cachaça correta. Para a harmonização com cachaças e frutas temos algumas sugestões.

As mais ácidas, como limão, abacaxi e acerola, harmonizam muito bem com cachaça pura ou armazenada em madeiras mais neutras, que agregam picância e potência alcoólica. Procure cachaças vegetais e doces, para equilibrar com a acidez da fruta.

As cachaças envelhecidas em bálsamo, que agregam especiarias, casam muito bem com o tradicional caju com sal grosso, que exalta a acidez da bebida, e o conjunto destaca a sensação de adstringência.

Maçã, morango, jabuticaba e banana são frutas que harmonizam com amburana, sassafrás e carvalho, madeiras que geralmente aportam mais adocicado ao destilado.

Caipirinha e torresmo
Uma das melhores combinações da gastronomia brasileira: caipirinha 3 limões com torresmo

Sugestão de harmonização:

Carne harmoniza com cachaça: porco, vaca, carneiro, bode

Cachaças envelhecidas em carvalho (premium ou extrapremium), encorpadas, mas com teor alcoólico ameno, sem saturar as papilas gustativas, são as mais indicadas para carnes.

Cachaças envelhecidas em bálsamo trazem picância e especiarias que harmonizam bem com a carne de porco. Cachaças que apresentam o blend entre carvalho e bálsamo se mostram também indicações muito recomendadas.

Caipirinha e torresmo
Uma das melhores combinações da gastronomia brasileira: caipirinha 3 limões com torresmo

Sugestão de harmonização:

Felipe Jannuzzi

Felipe Jannuzzi

Felipe é um dos criadores do Mapa da Cachaça. Viajou o Brasil visitando produtores e trabalha para a valorização da cachaça no mundo. Além do Mapa da Cachaça também é sócio da Ethylica e da Espíritos Brasileiros.

Quer receber no seu e-mail 5 aulas gratuitas sobre cachaça? Assine nossa newsletter exclusiva e durante 5 dias te enviaremos o melhor conteúdo sobre o destilado brasileiro!

Compartilhe esse artigo

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Dadinhos de madeira

Dadinhos de Madeira 1kg – Sem Tosta

Um quilo de dadinhos de madeiras sem tosta para envelhecimento acelerado. As opções de madeiras são: Amburana, Bálsamo, Carvalho, Castanheira, Cumaru, Eucalipto, Ipê, Jaqueira, Jequitibá, Putumujú

Comprar
  • Marcos Henrique
    junho 25, 2020 at 8:40 pm

    O nome do queijo azul de origem francesa é roquefort, não Rockford. O equivalente inglês no estilo de queijo azul é o Stilton e na Alemanha o similar se chama Edelpilzkäse. Excelente artigo!

Adicionar um comentário

Curso

Aprenda o Essencial da Cachaça

R$190

Já se inscreveu no Mapa da cachaça?

40 mil já fazem parte da nossa comunidade.

Se inscreva agora e receba no seu e-mail o melhor do Mapa da Cachaça