Jairo Martins - Estruturação do Setor - Mapa da Cachaça
Verallia

Jairo Martins – Estruturação do Setor

06 de 10 de 2010

Nesse vídeo, Jairo Martins fala sobre a necessária estruturação do setor.

Jairo conta também sobre como mexicanos lidam com a tequila no méxico e como deveríamos nos basear, em vários aspectos,  na experiência mexicana .  Ele comenta inclusive sobre a grande oportunidade de divulgação que teremos com a Copa de 2014 no Brasil.

“Muita gente vende, aqui no Brasil, cachaça para exportar a  granel, pensando que o pessoal está fazendo um bom uso. E lá fora eles colocam uma marca que não tem nada a ver com Brasil, que não segue padronização (…)”

Anúncios

PUBLICADO POR:

Comentários

  1. Rogerio Geraldo Campelo

    março 8, 2012

    Fala-se muito em ajudar o pequeno produtor de cachaça nas elaborações de metodos de qualidade da cachaça, no registros de seus alambiques, ajuda no setor de vendas (extremamente importante), introdução dos fabricantes no mercado exterior mas ainda não vi nada efetivamente acontecendo.
    Estou neste mercado a dezoito anos sendo que nos ultimos cinco anos venho me preparando para atender ao mercado mais exigente. Estou melhorando genetica da cana, melhorando metodo de fabricação, investindo em melhoramento da mão de obra, tudo isso com recurso proprio sem nenhuma ajuda governamental ou por não haver ou por desconhecer e no segundo caso nem se tem noticias de alguma forma plausivel para investimento. Quando voce “pequeno empresario” procura um banco para emprestimos no setor agropecuário a burocracia e as exigencias são tão grandes que voce desestimula imediatamente do negocio e com isso vai embora a esperança do pequeno investidor acompanhado pela grande quantidade de pessoas do campo que depende daquele negocio para sobrevivencia. E também não podemos esquecer da carga tributaria que ceifa definitivamente a esperança do pequeno produtor de aguardente.
    O que acontece sempre conosco, pequenos produtores de cachaça, é na maioria das vezes o prazer, o vicio que estimula a vontade desvairada de construir e empresariar uma linha de produção que realmente é esquecida pela sociedade, marginalizada muitas vezes e realmente não desejada.
    Acho que temos realmente que arregaçar as mangas, lutar pelo negocio, dar condições reais ao produtores, chama-los para conversar, mostrar a realidade, investir em cooperativas como se faz no Rio Grande do Sul e mostrar a força que poderemos ter cooperativando para ganhar mercado e obviamente dinheiro.

    Obrigado pela porta aberta

  2. Mapa da Cachaça

    março 10, 2012

    É isso mesmo, Rogério. O setor da cachaça precisa melhorar em diversos aspectos. Toda a cadeia de produção tem falhas que precisam ser corrigidas. Para resolver esses problemas devemos unir governo, produtores, cooperativas, bartenders, donos de restaurantes, etc. Nós aqui do Mapa da Cachaça podemos ajudar trazendo informação, principalmente para o público que tem estigmas e preconceitos em relação à cachaça. Nosso trabalho é falar sobre cultura, gastronomia, história e ouvir sempre o setor e os especialistas. Dessa forma, acredito que aos poucos vamos ajudando a trazer mais reconhecimento ao pequeno produtor da cachaça artesanal de qualidade. Obrigado pela sua mensagem e as portas aqui estão sempre abertas. grande abraço

  3. Marcio Camargo

    abril 6, 2016

    Gostaria de estar recebendo contatos de pequenos produtores para compra de produtos. Att,

    Marcio Camargo

Seleção de Cachaças

youtube google-plus facebook twitter instagram user filter list