Gabriela Cravo e Canela: clássico de Paraty - Mapa da Cachaça
Verallia

Gabriela Cravo e Canela: clássico de Paraty

02 de 05 de 2019

A aguardente composta com cachaça Gabriela Cravo e Canela já é um clássico de Paraty. A receita foi criada pelos locais para homenagear a obra de Jorge Amado e a atriz Sonia Braga.

Em 1982, foi filmada em Paraty a versão cinematográfica do livro Gabriela, Cravo e Canela, de Jorge Amado. Apesar de a história se passar em Ilhéus, na Bahia, o centro histórico de Paraty foi o cenário ideal para a trama de Gabriela, interpretada por Sonia Braga. Durante os meses de filmagem, a relação entre a equipe e os paratienses foi tão intensa que decidiram prestar uma homenagem à obra: a criação de uma aguardente com cravo e canela batizada de Gabriela. A homenagem depois evoluiu para a criação de um coquetel próprio chamado Jorge Amado. Os locais dizem que a primeira versão da Gabriela foi inventada por Antônio Carlos di Conti e, depois de grande sucesso, teria sido incorporada ao portfólio de quase todos os produtores de cachaça na cidade. A primeira garrafa foi feita pela família Mello, dos produtores da cachaça Coqueiro.

Sônia Braga, atriz interpretou a Gabriela na obra de Jorge Amado.

Sônia Braga, atriz interpretou a Gabriela na obra de Jorge Amado.

Anúncios

PUBLICADO POR:

youtube google-plus facebook twitter instagram user filter list