No dia 21 de Maio é comemorado o Dia da Cachaça Mineira. A data foi escolhida por marcar o início da safra da cana-de-açúcar em Minas Gerais.

roda dágua em Coronel Xavier Chaves - Minas Gerais. O estado é o maior em quantidade de unidades de produção - mais um motivo para se celebrar o Dia da Cachaça Mineira 
Roda D’água em Coronel Xavier Chaves, Minas Gerais, no alambique mais antigo em atividade no Brasil. O estado é o maior em quantidade de unidades de produção – mais um motivo para se celebrar o Dia da Cachaça Mineira

A cachaça é a terceira bebida destilada mais consumida no mundo perdendo apenas para o soju e a vodka. No Brasil, o maior volume de produção está em São Paulo, principalmente pela força da produção industrial, mas é em Minas Gerais onde se concentra a maior quantidade de produtores de cachaça artesanal. De acordo com dados divulgados pelo SEBRAE, estima-se que há mais de 4 mil marcas no estado. Para homenagear esse produtores, hoje, dia 21 de Maio, é comemorado o Dia da Cachaça Mineira.

A data foi escolhida por marcar o início da safra da cana-de-açúcar no estado. Ela é comemorada desde 2001 quando Itamar Franco, então governador, assinou a Lei no. 13949/2001, que regulamenta a produção da Cachaça em Minas Gerais. Com grande divulgação, o Dia da Cachaça Mineira ainda é mais famosa que o 13 de Setembro, o Dia Nacional da Cachaça, instituído pelo IBRAC (Instituto Brasileiro da Cachaça) em 2009.

Não podemos esquecer que, além de Minas Gerais, várias outras regiões vêm se destacando na produção da cachaça. Os estados do Sul do país, o Vale do Paraíba (SP), a região de Paraty (RJ) e outros pontos espalhados pelo território (Espírito Santo, Pernambuco, Centro-Oeste e vários outros) também têm apresentado excelentes cachaças. E nesse clima de festa, os mineiros têm diversos motivos para comemorar! O estado é o maior produtor da bebida feita de forma artesanal, e seus moradores já conhecem há muito mais tempo as qualidades únicas da cachaça. Recentemente, também, Salinas, no norte do estado, foi reconhecida como o título de Indicação Geográfica, premiando os produtores com um selo que garante procedência.

Independente da origem da cachaça, o Mapa da Cachaça gostaria de parabenizar todos os produtores de cachaça – pessoas que se dedicam para a criação do doce destilado brasileiro.

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba em primeira mão nossas novidades, eventos e promoções

Mapa da Cachaça

Mapa da Cachaça

O Mapa da Cachaça é uma premiada plataforma multimídia com o objetivo de compartilhar informações sobre a cultura, história, aromas e sabores do destilado brasileiro.

Quer receber no seu e-mail 5 aulas gratuitas sobre cachaça? Assine nossa newsletter exclusiva e durante 5 dias te enviaremos o melhor conteúdo sobre o destilado brasileiro!

Compartilhe esse artigo

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Dadinhos de madeira

Dadinhos de Madeiras 1kg – Tosta Média

Um quilo de dadinhos de madeiras com tosta média para envelhecimento acelerado. As opções de madeiras são: Amburana, Bálsamo, Carvalho, Castanheira, Cumaru, Eucalipto, Ipê, Jaqueira, Jequitibá, Putumujú

Comprar
Dorna de Bálsamo

Dorna de bálsamo para envelhecer cachaça

Quer envelhecer sua própria cachaça, cerveja ou coquetel? Temos a dorna de bálsamo que você precisa para começar seus experimentos.

Comprar
Dadinhos de madeira

Dadinhos de Madeira 1kg – Sem Tosta

Um quilo de dadinhos de madeiras sem tosta para envelhecimento acelerado. As opções de madeiras são: Amburana, Bálsamo, Carvalho, Castanheira, Cumaru, Eucalipto, Ipê, Jaqueira, Jequitibá, Putumujú

Comprar
  • Luiz Roberto Ribeiro
    maio 22, 2012 at 4:33 pm

    Pretendo ganhar tds. estas “”marvadas””

  • Ricardo Guerra
    maio 31, 2012 at 12:41 pm

    Ahhh…já estou vendo estas belezinhas na minha cozinha e nas minhas receitas.

  • Murilo Vidigal Carneiro
    maio 21, 2015 at 6:01 pm

    Moro em Calambau, cidade da zona da Mata Mineira. Aqui, há mais de trinta anos promovemos o Festival da Cachaça, que é o primeiro festival do gênero em Minas Gerais.O festival acontece na penúltima semana de julho (sexta, sábado e domingo).Desde meados do século 18 aqui já existiam alambiques, cuja produção de cachaça era levada, através de tropas, para Mariana e Ouro Preto. Tal fato, leva-nos a crer que somos o “berço da cachaça mineira”.

  • marice
    maio 22, 2015 at 12:41 pm

    Não sou consumidora, porém me interesso por boas notícias e em se tratando de um produto que se destaca pela qualidade, é sempre bom prestigiar.
    Parabéns àqueles que se dedicam em aprimorar e divulgar essa bebida genuinamente brasileira!

Adicionar um comentário
%d blogueiros gostam disto: