cachaça on the rocks

A cachaça, assim como outros destilados, possui diversas possibilidades de consumo: pura, com frutas, como ingrediente de algum prato e, sim, geladinha, direto do freezer ou com pedras de gelo. Algumas pessoas, inclusive, já mantêm sua garrafa preferida no canto do congelador. Veja abaixo algumas sugestões de consumo.

Cachaça + água potável:

Colocar água na cachaça é ainda um taboo… Mas queremos mostrar para vocês que a experiência da cachaça diluída está bem longe daquela expressão: “jogar água no chopp”.

Na Escócia, tradicionais destilarias de whisky encorajam os visitantes a diluirem seus single malts durante as degustações. E aqui no Brasil, especialistas em cachaça também estão convencidos que um pouquinho de água pode ajudar a melhorar os sabores da bebida. Para resolver essa questão, um grupo de cientistas suecos decidiu pesquisar os motivos.

De acordo com a pesquisa, após a diluição, moléculas aromáticas adquiridas no processo de envelhecimento do destilado, como o guaicol, se desprendem do etanol e sobem para a boca da taça. Dessa forma, ao dar um gole, a percepção aromática é mais nítida. No caso de destilados que utilizam caramelo para sugestionar envelhecimento, o mesmo não acontece, portanto, colocar um pouco de água na taça é também uma maneira de desmascarar defeitos.

Então a nossa conclusão é que para uma avaliação sensorial o certo é degustar a bebida em temperatura ambiente com o opcional de adicionar um pouco de água para reduzir a percepção alcoólica e destacar os aromas e sabores da bebida; no entanto, deve-se evitar água da torneira, que contém cloro e minerais que interferem na avaliação sensorial.

Cachaça + gelo:

É possível consumir cachaça com pedras de gelo – on the rocks. Mas ao contrário da adição de água, que destaca os aromas da bebida, o gelo tende a diminuir rapidamente a temperatura do copo e tornar menos perceptíveis as características sensoriais do destilado.

Outro cuidado é não deixar que o gelo derreta e deixe a cachaça muito aguada e sem graça. Dessa forma, recomenda-se adicionar poucas pedras de gelo em cachaças bastante aromáticas, como aquelas envelhecidas por alguns anos em madeira.

Uma ideia é fazer gelo de água de coco e colocar em uma boa cachaça envelhecida em carvalho. Uma experiência legal é fazer gelo de chá preto e tomar com uma cachaça que tenha em destaque os aromas de especiárias, como uma cachaça envelhecida em bálsamo.

Nos dois casos acima, prefira uma cachaça com teor alcóolico de no mínimo 44%, já que cachaças menos potentes podem perder muita personalidade com a diluição.

Cachaça no congelador:

Uma boa dica é harmonizar uma branquinha recém tirada do congelador com frutos do mar, como lula e polvo. Para acompanhar esses aperitivos, prefira uma cachaça mais amena, com teor alcoólico com no máximo 42%. A cachaça depois de uma noite no freezer fica mais licorosa, refrescante e sua percepção alcoólica diminui na boca – ela fica “perigosa” para os desentendidos.

Como sugestão, coloque no congelador uma boa cachaça envelhecida em amburana. A cachaça gelada somada a doçura da madeira ganha corpo de licor, sendo recomendado consumo após uma refeição ou acompanhando sobremesas.

Mas aí fica a pergunta: cachaça não congela?

A resposta é muito simples: sim, cachaça congela, como tudo que é a base de água. Porém, para isso acontecer seria necessária uma temperatura de -12° a -40° Celsius, dependendo do teor alcoólico.

A água pura, apesar de entrar em estado sólido a 0°C, quando misturada a outros elementos, como o álcool, sofre o efeito coligativo, alterando seu ponto de solidificação. Ou seja, a cachaça, assim como outros destilados, congela, só que a temperaturas muito baixas – que nossos eletrodomésticos não são capazes de atingir.

O fato é que, cowboy ou on the rocks, na caipirinha, acompanhando um prato e até mesmo como ingrediente do mousse de chocolate, é possível consumir essa bebida genuinamente brasileira das mais variadas formas – sem medo de esquecê-la no congelador e se decepcionar ao encontrá-la congelada como acontece com a cerveja.

Diferentes cachaças podem te trazer experiências incríveis. Use sua imaginação

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba em primeira mão nossas novidades, eventos e promoções

Mapa da Cachaça

Mapa da Cachaça

O Mapa da Cachaça é uma premiada plataforma multimídia com o objetivo de compartilhar informações sobre a cultura, história, aromas e sabores do destilado brasileiro.

Quer receber no seu e-mail 5 aulas gratuitas sobre cachaça? Assine nossa newsletter exclusiva e durante 5 dias te enviaremos o melhor conteúdo sobre o destilado brasileiro!

Compartilhe esse artigo

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Barril de amburana

Barril de amburana para envelhecer cachaça

Barril de diversos tamanhos da madeira amburana (Amburana cearenses) para envelhecer cachaça e outras bebidas como rum, cerveja e coquetéis.

Comprar
barril de balsamo

Barril de bálsamo para envelhecer cachaça

Compre barril de bálsamo para envelhecer bebidas e agregar novas cores, aromas e sabores ao seu destilado (cachaça, rum, uísque), cerveja ou coquetel.

Comprar
dorna de amburana

Dorna de amburana para envelhecer cachaça

Já pensou em ter sua própria dorna para envelhecer cachaça? Nós fizemos uma seleção dos melhores barris e dornas de amburana para você começar seus experimentos em casa com bebidas  fermentadas e destiladas.

Comprar
  • Maria Teixeira
    fevereiro 24, 2016 at 4:51 pm

    Foi muito boa a explicação de o por quê não congelar em geladeiras simples.

  • Maria do Carmo
    abril 6, 2016 at 5:38 pm

    Tem como armazenar cachaça dentro de um coco para ficar com gostinho e aroma do coco??

  • Elias Bonassar Neto
    novembro 27, 2019 at 12:42 pm

    SI A CACHAÇA; FOSSE FORTIFICANTE…” O BRASIL SERIA TERRA DE GIGANTES “

    • mapadacachaca
      dezembro 2, 2019 at 11:28 am

      “Quando o Brasil criar juízo e se tornar uma potência mundial, será a cachaça e não o whisky a bebida do planeta.” (Sobral Pinto)

  • […] no congelador ou na geladeira. Tudo bem, ela não vai congelar. Não tem problema guardar a garrafa de cachaça na geladeira e refrigerar, mas ao fazer isso poderá comprometer as avaliações sensoriais. Para avaliações e […]

Adicionar um comentário
%d blogueiros gostam disto: