Cachaça de Jambu - Mapa da Cachaça
Verallia

“Cachaça” de Jambu

15 de 08 de 2012

Jambu, também conhecido como agrião-do-pará, é uma erva típica da região Norte do Brasil e seu destilado é uma bebida de gosto bem inusitado.

Quase indescritível de tão diferente que é a sensação que esse destilado de jambu traz! Basta um gole pra sensação de dormência tomar conta dos lábios, lingua e céu da boca. Ao mesmo tempo vem um quê de salgado e refrescância.

Jambu (Acmella oleracea), também conhecida como agrião-do-pará é uma erva típica da região norte do Brasil, mais precisamente do Pará, do Amazonas, do Acre e de Rondônia.

O jambu é muito utilizado nas culinárias paraense, amazonense, rondoniense e acriana, podendo ser encontrado em iguarias como o tacacá, o pato no tucupi e até mesmo em pizza combinado com mozarela. Além do uso na gastronomia, o jambu também é tido como um remédio popular, com propriedades anestésicas, afrodisíacas, de ação antioxidante e fonte rica de Vitamina C.

Cachaça de Jambu, ingrediente usado para fazer uma aguardente inusitada

Planta brasileira é ingrediente da chamada “cachaça de jambu”, uma bebida inusitada.

Um dos efeitos mais interessantes da erva é a capacidade de anestesiar os lábios e a língua, graças à substância espilantol presente, tornando a experiência gastronômica algo especial. A medida que você mastiga as folhas, dependendo do grau de cozimento da mesma (quanto mais crua, mais intenso o efeito), começa a sentir o efeito de dormência e formigamento da boca.

Fizemos todo mundo aqui do escritório provar no nosso famoso happy hour de sexta-feira e chegamos a conclusão de que não é um sabor e sim uma sensação! Quem já provou?

É legal falar também que, pela lei, o destilado de jambu não pode ser considerado uma cachaça. É mais um exemplo de cachaças que não são cachaça, tecnicamente falando. Veja só, o que a lei diz sobre nosso destilado de cana:

Cachaça é:

“a denominação típica e exclusiva da aguardente de cana produzida no Brasil, com graduação alcoólica de 38 a 48 por cento em volume, a vinte graus Celsius (°C), obtida pela destilação do mosto fermentado do caldo de cana-de-açúcar (…)”

A origem da aguardente de jambu:

A aguardente composta conhecida popularmente, mas de maneira equivocada, como “cachaça de jambu” foi criada por Leodoro Porto, proprietário do boteco Meu Garoto, em Belém. Inspirado pelo pai e por suas cachaças misturadas com canela, cravinho, ibiriba e plantas amazônicas, Porto há muitos anos testa infusões com cachaça, e a com jambu é sua criação de maior sucesso.

Anúncios

PUBLICADO POR:

youtube google-plus facebook twitter instagram user filter list