7 infusões brasileiras com cachaça - e um bônus exótico
Verallia

7 misturas brasileiras com cachaça – e um bônus exótico

03 de 09 de 2015

Nós, brasileiros, adoramos infusões: pimenta no azeite, cânfora no álcool, e claro, cachaça curtida com um monte de coisa boa – e outras inusitadas. Qual a sua predileta? Selecionamos algumas aqui no Mapa da Cachaça

As infusões no Brasil não são novidade. Quem nunca teve um machucado tratado com álcool e arnica, ou provou de uma bela pimenta no azeite, vinagre ou mesmo na cachaça? Uma forma simples de definir o que é a infusão, segundo o Houaiss, é o processo de mergulhar num líquido. Simples, não? Mas e a pinguinha curtida com cravo e canela é uma infusão também? A resposta é sim. Todas essas bebidas de frutas, ervas, especiarias e outros ingredientes curtidos na cachaça são infusões. Mas, veja bem, para ser chamada de cachaça, precisam se encaixar na definição proposta pela legislação brasileira, como dissemos neste artigo do Mapa da Cachaça.

E por sermos tão curtidos na cachaça como uma bela infusão brasileira, separamos 5 das misturas mais famosas do Brasil, além de acrescentar um bônus um tanto quanto bizarro no final. Confira:

1. Cachaça de Jambu

Jambu, também conhecida como agrião-do-pará é uma erva típica da região norte do Brasil, muito utilizado nas culinárias paraense, amazonense, rondoniense e acriana, podendo ser encontrado em iguarias como o tacacá, o pato no tucupi e até mesmo em pizza combinado com mozarela. Um dos efeitos mais interessantes da erva é a capacidade de anestesiar os lábios e a língua, tornando a experiência gastronômica algo especial. A medida que você mastiga as folhas, dependendo do grau de cozimento da mesma (quanto mais crua, mais intenso o efeito), começa a sentir o efeito de dormência e formigamento da boca. Basta um gole pra sensação de dormência tomar conta dos lábios, lingua e céu da boca. Ao mesmo tempo vem um quê de salgado e refrescância. Leia mais sobre esta infusão aqui.

2. Cataia, a cachaça caiçara

Cataia é uma bebida originada da mistura de cachaça com folhas da cataia, uma planta rica em eugenol, uma substância antisséptica e anestésica muito usada na fabricação de pastas de dente, mas com diversas outras aplicações populares – até mesmo impotência sexual. A bebida é muito popular no norte do litoral paranaense e sul de São Paulo. Dizem que a bebida se originou em 1985, quando Rubens Muniz, dono de pousada e restaurante na Barra do Ararapira, uma pequena comunidade de pescadores próxima à Ilha do Cardoso (SP), teve a ideia de misturar cataia e cachaça na mesma garrafa. Depois de pronta tem teor alcoólico variando entre 20% e 40% e sua infusão na cachaça é capaz de transformar a pinga em um líquido de cor amarelada e gosto muito agradável. Leia mais sobre esta infusão aqui.

3. Consertada, a bebida que une café e cachaça

No interior de Santa Catarina, na cidade de Bombinhas, uma nova tradição surgiu. Chamada Consertada, é uma bebida alcoólica um tanto inusitada. Nela, o café ganha mais sabor com a adição de especiarias (gengibre, canela, cravo e erva doce), açúcar e uma boa dose de cachaça. A cultura da Consertada é tão séria que, em 23 de maio de 2013, a então prefeita de Bombinhas declarou, por meio de uma lei, que a bebida era patrimônio cultural do município. À medida que enaltecia os costumes da cidade, também resguardava a receita original do drink. Leia mais sobre esta bebida aqui.

4. Virga, Gim Seco do Brasil

virga gim seco do Brasil

Virga Gim Seco do Brasil, primeiro gim brasileiro é uma aguardente de cana

Virga é o primeiro gim artesanal produzido no Brasil. Além de ser pioneiro na categoria dos destilados de zimbro, os produtores de Virga também o denominam como o “gim mais brasileiro do mundo”. Uma das motivações para esse título está no fato de Virga ser também o primeiro gim do mundo a levar um blend de cachaça de alambique – algo em torno de 15% da composição total do gim. Dessa forma, a bebida é carregada de aromas dos botânicos, em especial o pacová (planta brasileira conhecida como cardamomo brasileiro) e também possui uma base alcoólica aromática vinda da caninha.

5. Azuladinha de Paraty

Laranjinha Celeste - Maria Izabel

Maria Izabel tem sua versão da Azuladinha, chamada de Laranjinha Celeste – ao invés de folhas, a sua versão leva flores de tangerina.

Com mais de um século de história, a Azuladinha de Paraty é uma cachaça destilada com folhas de tangerina – fazendo com que a aguardente ganhe uma cor azulada contra a luz. Segundo o livro Cachaça, Prazer Brasileiro, de Marcelo Câmara, a primeira versão da Azuladinha – que hoje só existe em coleções e acervos de degustadores – ganhou, em 1908, a Medalha de Ouro da Exposição Nacional do mesmo ano. Atualmente, versões da bebida são produzidas por engenhos de Paraty, como o Engenho D’Ouro, e sua história faz parte da tradição cachaceira da cidade. A bebida tem tamanha importância histórica que está enquadrada com a Indicação Geográfica de Paraty concedida pelo INPI.

6. Pituconha, cachaça com maconha

Pituconha, cachaça com maconha

Aguardente de cana adoçada com raíz de maconha

“Aguardente de cana adoçada com raiz de maconha”, é o que diz no rótulo, complementada por “O Ministério do Transporte adverte: o perigo não é um jumento na estrada. O perigo é um burro no volante”. A Pituconha, famosa infusão do “polígono da maconha”, região pernambucana famosa pela produção da erva em áreas irrigadas pelo rio São Francisco, ficou famosa em meados de 2014, apesar de existir há muito mais tempo. Sobre sua ilegalidade, a Polícia Federal afirma que não existe uma resposta. Segundo uma perícia realizada pela PF,  a concentração de THC (tetrahidrocanabinol), o princípio ativo da maconha, nas raízes da planta, é muito baixo. Em entrevista à Folha de S. Paulo, Carlo Correia, chefe da Delegacia de Repressão a Entorpecentes da Polícia Federal em Pernambuco, falou que “se você for levar ao pé da letra, seria crime [a comercialização da raiz e, consequentemente, da bebida] porque tem o princípio ativo. Só que a concentração é baixíssima. É uma questão que ainda não se tem uma posição definida”. Nunca provamos da iguaria, mas alguns repórteres provaram e disseram que a bebida não dá barato.

7. Fecha Corpo, Semana Santa no interior de São Paulo

Em Monte Alegre do Sul, pequena a 130 km de São Paulo, toda Sexta-Feira Santa centenas de visitantes aproveitam o feriado religioso para participar do ritual de beber o Fecha Corpo. A receita é uma mistura de cachaça curtida em guiné e arruda colhidos na noite anterior ao preparo. A simpatia consiste em ingerir, em jejum, esse preparado para garantir proteção contra mau-olhado, inveja e doenças do corpo e da alma por pelo menos um ano.

Fecha Corpo - Monte Alegre do Sul - São Paulo

Felipe Jannuzzi, criador do Mapa da Cachaça, em Monte Alegre do Sul na busca por receitas do Fecha Corpo

Bônus: Cachaça com cobras, escorpiões e muito mais

Há quem diga que o costume de curtir bebidas alcoólicas com animais peçonhentos venha da Ásia. Lá, cobras venenosas e outros animais são adicionados a potes e garrafas com um vinho feito de arroz, e acredita-se que essa infusão possua efeitos medicinais – serve desde para queda de cabelo a disfunções sexuais. Mas, nesse Brasilzão enorme também é possível encontrar essa mistura esquisita, só que com cachaça – e, é claro, com várias aplicações curativas e afrodisíacas. A crença é que o álcool absorva a energia e o veneno desses animais, e que isso seja passado a quem o bebe.

Infusão cobra com cachaças - Mapa da Cachaça

Além de ervas também podemos encontrar cobras, morcegos, insetos, aranhas, ratos e outros bichos dentro de garrafas de cachaça

Em uma matéria do G1, o médico e toxicologista Daniel Rebouças, diretor do Centro Antiveneno da Bahia (Ciave), afirma que as pessoas que consomem bebidas à base dos animais citados não correm risco de envenenamento, pois o álcool quebra as proteínas do veneno e o neutraliza. Entretanto, podem ser acometidos de infecção gastrointestinal. “O álcool neutraliza [o veneno], mas o animal pode estar apodrecido e transmitir alguma contaminação”, completa.

E você, já experimentou algumas dessas iguarias? Conte-nos sua experiência nos comentários!

Anúncios

PUBLICADO POR:

youtube google-plus facebook twitter instagram user filter list