Receitas

Wasabi Brasil

Print Friendly, PDF & Email

Wasabi é um famoso tempero japonês. A cachaça é um famoso destilado brasileiro. Como seria uma combinação desses dois ingredientes? A resposta é o Wasabi Brasil, coquetel cítrico, doce, um pouquinho salgado e muito refrescante.

MdC_Coquetel_WasabiBrasil_Ferreira_-3

Resolvemos preparar um coquetel diferente para apresentarmos para o público da Feirinha Gastronômica que nos acompanha todos os domingos na Praça Benedito Calixto em São Paulo.

A inspiração para a criação desse coquetel surgiu na culinária japonesa e da busca por um ingrediente pouco comum no mundo da coquetelaria: o wasabi, essa raiz-forte verde que geralmente acompanha peixe cru. A minha inspiração veio também pelo uso do farelo de arroz durante a fermentação de algumas cachaças. Como vocês sabem, o arroz é matéria-prima para a criação do Saque, fermentado japonês muito popular no mundo todo. Unindo essas vontades, criamos um drinque refrescante e picante, que leva a cachaça Werneck Tradicional no seu preparo. É interessante como o wasabi favorece a explosão de sabores – o começo é doce e o final é mais picante.

Durante o processo, criei uma versão sem mel e sem hortelã, mas decidi colocá-los na receita quando percebi que o drinque precisava de mais doçura e corpo. O mel tem papel fundamental para quebrar o salgado do wasabi e deixar o coquetel mais denso. Então apresento a vocês o Wasabi Brasil, um coquetel citrico, doce, um pouquinho salgado, refrescante.

Ideal para harmonizar com comida japonesa, mas também cai bem nos quentes finais de semana com churrasco.

Autor(a) Claudemir Ferreira
Ingredientes
  1. 50ml de Cachaça Werneck Tradicional
  2. 5 folhas de hortelã
  3. 4 gomos de limão Taiti
  4. 1 lance de mel
  5. 10ml de licor de Laranja
  6. 1 bailarina de wasabi
  7. gelo
Instruções de preparo

1. Numa coqueteleira, macerar o limão com o hortelã e a cachaça.

2. Adicionar todos os outros ingredientes e bater bem a coqueteleira

3. Adicionar novo gelo a um copo.

4. Coar o conteúdo da coqueteleira ao colocar no copo com gelo.

5. Guarnição: um gomo de limão taiti e um raminho de hortelã

Rendimento 1 porção de 300 ml
Fotos

[adsanity_group group_ids=5172 num_ads="2" num_columns="2"]
Claudemir Ferreira

Claudemir Ferreira

Ferreira tem 14 anos no mercado sendo 8 como barman. Tem conhecimento da coquetelaria clássica e tradicional. Enxerga na cachaça uma possibilidade de se trabalhar um autenticamente mixologia brasileira.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários

3 comentários

  1. Olá, boa tarde. Desculpe minha ignorância, mas o que significa “uma bailarina de wasabi”? Pesquisei na Internet mas não achei nada :/.

    Um abço

    Natália Gomes