Receitas

Manjar de Coco com Calda de Ameixa e Cachaça

Print Friendly

Aprenda como fazer uma receita de manjar de coco com calda de ameixa e cachaça com a Elisa Teixeira no Mapa da Cachaça

Manjar da Elisa Teixeira

Nunca fui uma pessoa muito ligada em doces. Troco sem pensar duas vezes uma bandeja cheia de brigadeiros por uma única coxinha, ainda mais se for bem feitinha. Mas tem sempre aquelas sobremesas que nos cativam para toda a vida (sabe-se lá por que), e o manjar de coco com ameixa tem esse poder sobre mim. Desconfio que esse amor começou porque, em casa, a gente comia sempre doce de leite ou de frutas (goiabada, pessegada, doce de cidra, doce de laranja em calda, etc.) no dia-a-dia, feitos com o que vinha da roça. Eu não dava muito valor à época, só porque estavam sempre lá, disponíveis. Já o manjar era diferente: feito com leite de coco e ameixa, duas coisas vindas do supermercado, aquele lugar cheio de coisas diferentes que a gente queria experimentar, e não do quintal de casa. Era chique, e só para ocasiões especiais.

Hoje acho o manjar uma das sobremesas mais simples e fáceis de fazer. Ainda não sei o que me agrada mais nele: a cremosidade branquíssima e untuosa do manjar em si, o azedinho doce da calda de ameixa com cachaça, ou a mistura dos dois dentro da boca da gente: uma carícia, para os sentidos e para a memória.

Um dos segredos de um bom manjar é usar a quantidade correta de amido de milho, uma ciência meio complicada… Se for muito, vira uma borracha, se for pouco, o manjar desmorona ao ser retirado da fôrma. A maioria das pessoas não tem uma balança de precisão em casa (eu só tenho agora por causa do curso de gastronomia, porque também não tinha). Se você tiver uma, use. Caso contrário, preste bastante atenção na consistência do seu manjar a primeira vez que fizer e tome nota, para que possa fazer os ajustes necessários na próxima vez que preparar. Por esse mesmo motivo, é sempre bom usar a mesma marca de amido de milho, já que o grau de absorção pode variar de uma pra outra.

 

Autor(a) Elisa D. Teixeira
Ingredientes

Ingredientes para o manjar

  1. 1 litro de leite integral
  2. 400 ml de leite de coco
  3. 4/5 de xícara (chá) de açúcar refinado (150 g)
  4. 4/5 de xícara (chá) de amido de milho (90 g)

Ingredientes para a calda:

  1. 1 xícara de ameixa-preta seca sem caroço (150 g)
  2. 3 colheres (sopa) de cachaça
  3. 1 1/2 xícaras de açúcar
  4. 1 1/2 xícaras de água fervente
  5. algumas gotas de limão
Instruções de preparo
  1. Prepare o manjar: junte um pouco de leite ao amido de milho e mexa bem para dissolver.
  2. Junte ao leite restante. Acrescente o açúcar ao leite e mexa até dissolver. Junte o leite de coco e mexa bem.
  3. Leve ao fogo numa panela grossa, em fogo médio. Cozinhe, sem parar de mexer, até engrossar. Então, cozinhe por mais alguns minutos, mexendo com frequência.
  4. Borrife uma forma de buraco, de preferência com padrões decorativos, com água fria (se não tiver um borrifador, enxágue a fôrma e não seque – apenas dê umas batidinhas no fundo, com ela emborcada, para espalhar as gotículas).
  5. Despeje o manjar na fôrma, batendo o fundo de leve contra pia para a massa assentar bem dentro, sem formar bolhas.
  6. Assim que amornar, leve à geladeira por pelo menos 2 horas, ou até que esteja bem gelado e firme.
  7. Prepare a calda: deixe a ameixa de molho na cachaça por pelo menos meia hora. Depois junte a água fervente de deixe de molho até a ameixa amolecer.
  8. Coloque o açúcar numa panela grossa e leve ao fogo médio. Quando começar a derreter, vá virando a panela até obter um caramelo dourado.
  9. Com muito cuidado (espirra muito!), junte a água em que a ameixa ficou de molho. Mexa até dissolver os torrões. Cozinhe até a calda engrossar um pouco.
  10. Junte a ameixa e ferva por mais alguns minutos. Desligue, experimente e, se necessário, junte gotas de limão até obter um equilíbrio entre o doce e o azedo. Assim que esfriar, leve à geladeira.
  11. Ao servir, descole o manjar das laterais puxando de leve com a ponta dos dedos no sentido oposto ao da lateral da fôrma. Dê uma chacoalhadinha, coloque um prato em cima da forma e vire, sacudindo de leve para o manjar descer. Regue com um pouco da calda, decore com algumas ameixas e sirva, com o restante da calda à parte.
Dicas Se as ameixas forem muito grandes, corte-as ao meio antes de juntar a água fervente.

Se o manjar ficar muito mole e “desmoronar” ao ser desenformado, coloque colheradas em tigelinhas individuais e regue com a calda. Se ficar firme demais… bem, tome nota e ponha menos amido de milho da próxima vez.

O que acharam da receita? Conhecem alguma receita com cachaça? Mandem pra gente publicar por aqui!

receitas com cachaça - Banner Mapa da Cachaça
Rotulos de Cachaça
Elisa Duarte Teixeira

Elisa Duarte Teixeira

Elisa Duarte Teixeira é culinarista: adora tudo que tem a ver com cozinha. Fez dessa paixão seu tema de estudo, seu ofício, e sua arte. É tradutora especializada em culinária e autora do blog Authentic Brazilian Cuisine.(http://authenticbraziliancuisine.blogspot.com/)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários

1 comentários