Receitas

Abóbora Cambotiá com Molhinho de Cachaça e Sálvia

Print Friendly

Aprenda com Elisa Duarte Teixeira como preparar uma deliciosa receita de abóbora ao molho de cachaça e sálvia!

Receita de Abóbora ao Molho de Cachaça e Sálvia

Em Minas, o povo fala que abóbora é comida de porco, e o pessoal mais antigo pode até se sentir ofendido se você oferecer abóbora para comer numa refeição! Por sorte, o doce não tem o mesmo estigma. Eu amo abóbora, de qualquer tipo, de qualquer tamanho, preparada do jeito que for. Na minha geladeira, a abobrinha é item que não falta nunca.

A Neide, que mora e trabalha na fazenda da família do meu avô, uma vez nos contou uma estória muito engraçada, que eu nunca esqueci, especialmente pela linguagem bem caipira que usou – música pros meus ouvidos. Disse ela que, num determinado ano, colheram tanta abóbora madura que já não havia mais onde guardá-las dentro de casa, “dav’ pá meiá o quar’ di abróba” (traduzido: ocupar metade do chão do quarto com abóboras). Sabendo da vinda de uma “cumadi” em visita, a esperta da Neide escondeu a maior e mais bonita abóbora que tinha colhido embaixo da sua cama, sob o olhar curioso da filharada.

Chegou a comadre, mesa posta com muitas quitandas, no meio da conversa animada a Neide ofereceu à visita, num agrado muito sincero: a maior abóbora de seu quintal, e partiu em direção ao quarto “meiad’ di abróbra” para buscá-la. Seu filho menor, numa cara de espanto, gritou: “uai, mãe, S’ora esqueceu que a abróba maior a S’ora escondeu embaixo da cama?!”. Neide, muito sem graça, deu uma de joão-sem-braço e mudou o rumo, pegou a abóbora debaixo da cama e deu pra comadre. E pro filho, só deu aquela olhada que fez o menino querer ocupar o lugar da abóbora embaixo da cama por uns três dias seguidos.

A abóbora cambotiá, ou cabotiá, cabochá, ou cambochá, ou abóbora japonesa (que é como eu a conheci, quando menina), é uma das abóboras maduras mais saborosas para preparações salgadas. Nesta receita, o adocicado de sua polpa contrasta com a acidez da cachaça para contrabalançar o sabor acentuado da sálvia.

Autor(a) Elisa Duarte Teixeira
Ingredientes
  1. 1g de folhas sálvia fresca (+ ou – 20 folhinhas)
  2. 1 dente de alho esmagado
  3. 1/2 kg abóbora cambotiá (japonesa), descascada cortada em lascas finas (veja fotos)
  4. 2 colheres (sopa) de açúcar
  5. 2 colheres (sopa) de cachaça
  6. 1 colheres (chá) de vinagre de champagne (ou de arroz)
  7. 1/4 xícara de água (aproximadamente)
  8. pimenta-do-reino moída na hora a gosto
  9. 3 colheres (sopa) de azeite
Instruções de preparo

Enxágue e seque bem as folhas de sálvia. Aqueça o azeite em uma frigideira grande e grossa. Junte as folhinhas e frite até ficarem crocantes. Retire com uma escumadeira, com cuidado para não quebrá-las, e escorra em papel-toalha. Reserve.

Frite o alho no mesmo azeite até dourar. Retire com a escumadeira e descarte.

Junte as lascas de abóbora ao azeite que ficou na panela e vá refogando, em fogo alto, mexendo de vez em quando, até que fiquem bem douradas.

Abaixe o fogo para médio e junte o açúcar. Cozinhe, mexendo, até derreter e caramelizar (veja Dica). 

Misture a cachaça com a água e o vinagre e junte à panela. Aumente o fogo novamente e deixe cozinhar, mexendo, até a abóbora ficar al dente. Sirva com as folhinhas de sálvia salpicadas por cima.

Dicas Se você se sentir confiante o bastante para flambar as fatias de abóbora com a cachaça, faça-o, pois o sabor é inigualável. Mas muito cuidado, pois a bebida é altamente inflamável e você pode se machucar se não tive prática! Esta abóbora é um ótimo acompanhamento para carne de porco.

Rotulos de Cachaça
receitas com cachaça - Banner Mapa da Cachaça
Elisa Duarte Teixeira

Elisa Duarte Teixeira

Elisa Duarte Teixeira é culinarista: adora tudo que tem a ver com cozinha. Fez dessa paixão seu tema de estudo, seu ofício, e sua arte. É tradutora especializada em culinária e autora do blog Authentic Brazilian Cuisine.(http://authenticbraziliancuisine.blogspot.com/)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *