Onde beber

Cachaçaria Mangue-Seco

Print Friendly
  • Localizada no centro histórico do Rio de Janeiro, a Mangue Seco é considerada uma das cachaçarias mais completas do Rio. Aos sábados, o almoço dançante é uma das principais atrações do centro carioca. Samba de raiz se mistura à Feira Rio Antigo, que acontece na Rua Lavradio, resultando em um típico ambiente brasileiro e carioca.
    A carta de branquinhas contempla os visitantes com mais de 100 opções diferentes, com marcas da cidade de Paraty, Rio de Janeiro e Salinas, em Minas Gerais. Tudo isso pode ser harmonizado com petiscos de frutos do mar, como a moquequinha de peixe fresco, pasteizinhos de siri e de camarão, além dos chamativos caranguejos.

    Rio de Janeiro - Rio de Janeiro

    Rua do Lavradio, 23 - Lapa

    (21) 3852-1947

    (21) 3147-9000

    http://www.manguesecocachacaria.com.br

    Tipo de cozinhaBoteco
    Horário de funcionamentoDe Terças, quartas e quintas a partir das 18h30. De sexta, a partir de 19h e aos sábados a partir de 20h.
    Formas de pagamentoPagamento Dinheiro, Visaeletron, Maestro, Redeshop, Amex, Master, Visa, Diners
    Capacidade150 lugares
    Outras informaçõesVALE VERDE (Betim)
    Tradicional, envelhecida em carvalho, por três anos e tem uma qualidade superior. Foi uma das pioneiras na fabricação de bombons utilizando cachaça e gelatinas, idem.
    SÉCULO XVIII (Coronel Xavier Chaves)
    É produzida por descendentes diretos de Tiradentes, há seis gerações. Sua receita é um segredo familiar. A qualidade é fantástica. Tem gosto apurado, cheiro requintado e a aparência notável. É proveniente do Engenho Boa Vista, de Rubens Resende Chaves.
    RAINHA DO VALE (Belo Vale)
    Cachaça de extraordinária qualidade que faz justiça a seu nome de Rainha. Tem tudo nobre, a aparência, cheirinho e paladar.
    RAINHA DAS GERAIS (Curvelo)
    Esta é oriunda de outra terra nobre, também famosa pela alta qualidade de suas cachaças. É envelhecida em Carvalho por três anos e é uma verdadeira delícia.
    PROVIDÊNCIA (Buenópolis)
    Produzida e engarrafada na Fazenda do Condado, pela Aguardente Irmãos Teixeira Ltda, desde a década de quarenta. É armazenada em Umburana. Era a preferida do Presidente Juscelino. Atualmente, é a predileta do acadêmico Jesus Chediak. Vale a pena, tomar uma Providência.
    MONTE ALVÃO (Itatiaiuçu) ? Grappia
    Experimente e seja uma pessoa feliz. É um somatório de bom gosto, diferenciado pela utilização de uma madeira rara que resulta num excelente sabor.
    MONTE ALVÃO (Itatiaiuçu) ? Carvalho
    É a mesma e incrivelmente maravilhosa cachaça acima, envelhecida em Carvalho.
    MONTE ALVÃO (Itatiaiuçu) ? Jequitibá Rosa
    Cachaça branca, verdadeira obra-prima é das preferidas de grande parte dos confrades e acadêmicos. É produzida na fazenda com o seu nome, com rigoroso controle de qualidade.
    MONTANHESA (Araguari) ? Ouro
    Cachaça relativamente nova no mercado. Tem um rótulo bastante diferente e criativo. É produzida e engarrafada na Fazenda Boavista. Envelhecimento em Bálsamo, por três anos. Controla lotes e engarrafamentos.
    MONTANHESA (Araguari) ? Prata
    Cachaça relativamente nova no mercado. Tem um rótulo bastante diferente e criativo. É produzida e engarrafada na Fazenda Boavista.
    MIRAHY (Antonio Carlos)
    Cachaça que ainda, não obteve o respeito que merece. É difícil encontrá-la. È produzida e engarrafada pela Destilaria dos Mendes na Fazenda Chapada Alegre. É envelhecida em tonéis de Carvalho.
    MINGOTE (Cláudio)
    Cachaça produzida há anos, pela família do ex-Presidente Tancredo Neves, na Fazenda da Mata. Tem um paladar apurado, fruto de muita história.
    MILAGRE DE MINAS (Ouro Preto)
    Receita da acadêmica Maria Aparecida Zurlo, que resultou numa composição com quinze ervas. É muito suave e bastante aromática. Os lotes e as datas de produção são mencionados.ABAÍRA (Abaíra)
    Oriunda da Chapada Diamantina. É produzida por uma Associação de Produtores da micro-região de seu município, misturando cachaças de alambiques de Abaíra, Jussiape, Mucugê e Piatã. Tem controle de safra e lote.
    MEL DE MINAS (Ouro Preto)
    Produzida no distrito de Amarantina. Sua produção é relativamente recente. È filtrada duplamente. É recomendada pela acadêmica Maria Aparecida Zurlo, o que de pronto, significa garantia de qualidade.
    M. C. DA BOA VISTA (Barroso)
    É envelhecida seis meses em jequitibá rosa. É uma cachaça relativamente nova, que vem se destacando no mercado. Tem um gosto cativante.
    MARIANA (Buenópolis)
    A maioria dos acadêmicos e dos confrades a considera das melhores cachaças existentes. É produzida na Fazenda Mariana e apesar de sua graduação alcoólica ser alta, o paladar é bastante suave.
    MARIA DA CRUZ (Pedra Maria da Cruz)
    Atualmente é uma cachaça da moda. Pertence ao Vice-Presidente da República, José de Alencar. É produzida na Fazenda Canta Galo e envelhecida em Amburana, por dois anos.
    MARABÔ (Mathias Barbosa) ? Envelhecida
    Sua cor amarelada é oriunda da permanência em barris de Carvalho selecionados e especiais. Tem uma bela embalagem e seu paladar é cheio de personalidade.
    MARABÔ (Mathias Barbosa) ? Clássica
    Produzida há vinte anos por Mauro Orofino Campos. Ela, após sair do alambique, permanece em tanques de aço inoxidável até ser engarrafada. Além de ter um sabor especial pura, é muito apropriada para drinks e caipirinhas.
    MAGIA DE MINAS (Guapé)
    É envelhecida em carvalho e jequitibá por quatro anos. Seu resultado não é uma simples magia, é coisa muito especial. É produzida na Fazenda Santo Antônio. Controla lotes e safras.
    LÚCIA VERÍSSIMO
    Produzida e engarrafada pela acadêmica Maria Aparecida Zurlo, totalmente, em Ouro Preto. A atriz, sempre foi uma grande incentivadora do produto, sendo esta, a sua reserva especial. Recomendamos conhecer.
    JEQUITINHONHA (Jequitinhonha)
    Especialíssima cachaça do famoso vale, produzida na Fazenda Paraíso. Cita no rótulo os números dos lotes de produção. Fez um sucesso extraordinário na última Feira de Belo Horizonte.
    ISAURA (Jequitibá) ? Série Prata
    Atualmente, é a menina dos olhos de seu produtor, que no momento, é o presidente da AMPAQ. Também é bastante saborosa e vale a pena conhecer.
    ISAURA (Jequitibá) ? Série Ouro
    É uma cachaça centenária envelhecida em Carvalho por três anos. Tem odor agradável e sabor especial.
    GOTAS DE MINAS (Ouro Preto)
    Cachaça produzida há pouco tempo, oriunda de um projeto que mistura a tradição com a mais moderna tecnologia, elaborado por especialistas da Universidade de Viçosa. Sua apresentação é impecável. Aparência, perfume e gostinho da melhor qualidade.
    GERMANA (Nova União)
    É servida nos vôos internacionais da VARIG e produzida na fazenda Vista Alegre. Tem um paladar intensamente agradável. Sua embalagem, a base de folhas de bananeira, é um luxo. Seu envelhecimento é em tonéis de Carvalho por trinta meses.
    FERREIRA-JANUÁRIA (Engenheiro Navarro)
    É envelhecido em tonéis de Amburana por quatro anos. É produzida e engarrafada na Fazenda Ferreira, há noventa anos. Está sempre presente nas principais feiras de cachaças do Brasil.
    ESPÍRITO DE MINAS (São Tiago)
    É comercializada em São Paulo, tendo uma distribuição das mais perfeitas. Criou uma vasta linha de produtos e apresenta a melhor política de marketing do mercado, tecnicamente. Sua cor é branco amarelada, sendo envelhecida em Carvalho por um ano. Seus lotes são numerados.
    DONA BEJA (Perdizes)
    Sua fermentação é feita com fubá de milho, sendo destilada em tonéis de Carvalho, mantidos numa temperatura fresca e com pouca iluminação. É outra das preferidas dos confrades da Confraria de Cachaça do Copo Furado.
    DOMINA SUAVE (Brumadinho)
    É estandardizada e engarrafada na Fazenda Carapuça por Glener Arruda de Barros. Foi lançada no mercado, visando principalmente, o público feminino. É armazenada em Jatobá, tendo um sabor peculiar e um buquê elaborado.
    CRISTALINA (Buenópolis)
    Como seu nome indica, é extremamente límpida e podemos dizer, que possui uma transparência atraente. Tem um teor alcoólico médio e é muito saborosa. É produzida num município famoso por sua tradição de cachaça.
    COLUNINHA (Coluna)
    Olhe só, não é de coluna (industrial), ela é de alambique. Coluna é só o seu município. É gostosíssima. É armazenada em Carvalho e Amburana e envelhecida por dois anos.
    CLAUDIONOR (Januária)
    Seu município é famoso pela produção de suas cachaças. É preparada pela Casa Claudionor Carneiro. É estandardizada e forte. Está na relação das melhores cachaças brasileiras, da maioria dos acadêmicos. O saudoso Machadão a idolatrava. Mantêm permanentemente o mesmo padrão de qualidade.
    CHICO MINEIRO (Paineiras)
    Cachaça com grande variedade de embalagens e composições. Estamos trabalhando com sua apresentação tradicional, mais simples e super conhecida. Quem não conhece, vale a pena experimentar.
    BENTO VELHO (Conceição do Mato Dentro)
    É outra cachaça maravilhosa, queridinha de alguns membros da Confraria de Cachaça do Copo Furado. É relativamente nova, produzida á partir de 1983. Tem controle de lote e numeração de série.
    AMÉLIA PINGA DO TONINHO BATISTA (Conceição do Pará)
    Esta cachaça de nome altamente interessante, é de excelente qualidade. É boa de aparência, é boa de cheiro e ótima de paladar. Ela é produzida na Fazenda Cardosos, fermentada e destilada em alambique de cobre e armazenada em tonéis de diversas madeiras. VOLÚPIA (Alagoa Grande)
    Produzida pela Agro Industrial Lagoa Verde. É amaciada em barris de Freijó. Tem o paladar forte e bastante pessoal.
    RAINHA (Bananeira)
    Não é adoçada como a maioria das cachaças nordestinas. É forte e extremamente gostosa. Produzida no Engenho Goiamunduba. Era a preferida do inesquecível acadêmico Albino Pinheiro.
    MARIBONDO (Guarabira) ? Prata
    Tradicionalíssima. Produzida desde 1901, pelo Engenho Palmeira. É armazenada sete meses, em Bálsamo. http://www.manguesecocachacaria.com.br/ms/cachacaria.aspx?cod=18
  • Enviar fotos

    Você deve estar cadastrado para enviar uma foto. Clique aqui!

    Todas as fotos

    • Ambiente do Mangue-Seco
  • Algumas cachaças encontradas neste estabelecimento

    Quer fazer um cardápio de cachaça com a curadoria do Mapa da Cachaça? Fale com a gente.

Rotulos de Cachaça
receitas com cachaça - Banner Mapa da Cachaça
Mapa da Cachaça

Mapa da Cachaça

Somos uma referência cultural, histórica e sensorial sobre cachaça. Gosta de cachaça boa? Então siga o Mapa da Cachaça.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários

1 comentários