Artigos

Aguardente Rainha Paraibana – Paraíba

Print Friendly, PDF & Email

Afinal qual a diferença entre cachaça e aguardente de cana? Leandro Batista apresenta a Aguardente Rainha Paraibana e nos fala mais sobre as diferenças entre cachaça e aguardente.

Aguardente Rainha Paraibana - Bananeiras-PB

Aguardente Rainha Paraibana de Bananeiras na Paraíba

A cachaça Rainha Paraibana é produzida desde 1877 no Engenho Goiamunduba, no município de Bananeiras fica na região do Brejo Paraibano. O município de passado colonial, recortado por ladeiras e sobrados do século 19, foi o maior produtor de café de toda a Paraíba e abriga um casario com 80 construções catalogadas pelo IPHAEP. A cidade ainda conta com outras construções históricas como um túnel de trem de 1922 e um cruzeiro do final do século 19 localizado a 507 metros de altura, além da Cachoeira do Roncador, uma queda d’água de 45 metros.

A Rainha Paraibana é uma cachaça forte… Quer dizer… cachaça não! É uma aguardente de cana de açúcar pra cabra macho! Entenda nesse vídeo com o sommelier de cachaça Leandro Batista um pouco mais sobre a nossa legislação:

 


[adsanity_group group_ids=5172 num_ads="2" num_columns="2"]
Mapa da Cachaça

Mapa da Cachaça

Somos uma referência cultural, histórica e sensorial sobre cachaça. Gosta de cachaça boa? Então siga o Mapa da Cachaça.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários

13 comentários

  1. Leandro
    Muito consistente o que você falou sobre a Rainha Paraibana. O único absurdo, não seu, mas do interesse de alguns setores, é que por lei ela deve ser definida como aguardente e não como cachaça. É tudo a mesma coisa!
    Como você sabe, no caso do rum este nome é aplicado a toda bebida alcoólica obtida da destilação de qualquer sub produto da cana de açúcar, inclusive do próprio caldo de cana, como atualmente o é a cachaça. Não é por outro motivo que a cachaça é internacionalmente classificada como rum brasileiro.
    A única razão da cachaça (ou aguardente de cana, ou rum brasileiro) ser atualmente feita quase que exclusivamente de caldo de cana tem a ver com a utilização mais rentável dos outros sub produtos da cana de açúcar para a produção de combustível, suplemento de ração para animais, mineração, pneus, velas para filtro de água, produção de proteínas e antibióticos, levedura para panificação e diversos outros produtos industriais pelo setor sucroalcooleiro.
    Em resumo, cachaça, aguardente de cana e rum são historicamente a mesma bebida. A imposição da lei de que dois graus acima de um teor alcoolico escolhido aleatóriamente distinguem a aguardente de cana da cachaça, cá entre nós é coisa de quem não tem o que fazer ou tem muito a ganhar com isto.
    O assunto é vasto, controvertido e fascinante, mas por enquanto vamos ficando por aqui.
    Um grande abraço para você e para o Rodrigo.

    Messias

  2. Ótima explicação. Apenas um único detalhe para acrescentar é que a Rainha tem mais de 130 anos no mercado o que faz dela uma das cachaças ou aguardentes, como queiram, mais tradicionais do Brasil.

    • Oi Matheus. Obrigado por complementar a informação – esse detalhe é muito importante para a história dessa cachaça. abração

  3. Tive o privilégio de sair de São Paulo e ir até a Paraíba buscar a cachaça Rainha e outras mais. O autor do projeto de lei que deu origem a essa porca vergonha de distinguir o que é cachaça, não tem a mínima noção do que é aguardente da pior qualidade e cachaça artesanal. O projeto visava por limite no índice máximo e mínimo de teor etílico. Como vejo alguns sites vendendo a famigerada 51 de Pirassununga que custa por aqui 5,00 o litro, denominando-a como cachaça, posso dizer que é o início do fim dos tempos. Como venho assistindo gente que nada entende de cachaça opinando sobre sua formulação e fabricação, elaborando ranking em revistas e promovendo marcas de péssima qualidade e duvidoso gosto. A diferença entre cachaça e aguardente (estandardizada) é a mesma de um motociclista e um motoqueiro (para quem sabe…) Meu Deus do ceu. Como existe gente metido a entendido em cachaça nesse Brasil, e olha que a grande maioria é do exterior. São os verdadeiros “calça brancas”. A Rainha será sempre a rainha das cachaças e ponto. Sem essa de Anísio Santiago, Havana, Canarinha e outras que tomei e posso afirmar que são um engodo. Paga o preço quem não conhece.

  4. Olá, moro em Salvador-BA e gostaria de saber qual estabelecimento comercial revende a cachaça Rainha na minha cidade. As poucas vezes que comprei foi em viagem para a Paraiba. Preciso de um contato em Salvador-Ba.
    Fico no aguardo de uma dica.

    • Olá Francine! Tudo bem com vc? Infelizmente não sei te indicar um estabelecimento aí em Salvador onde vc possa encontrar a Rainha Paraibana. Sugiro então que você efetue a compra através da internet. Existem diversos distribuidores que fazem comércio eletrônico e que entregam cachaças direto na sua casa. Espero ter ajudado. Abs

      • Gostaria de saber onde encontro esta cachaça, qual distribuidor? em que site? pois ja tentei encontrar a cachaça nos sites e não encontro. Deve ter um distribuidor especifico. Conto com a ajuda de voces.
        Obrigada
        Ana Regina

  5. Para mim é a melhor cachaça produzida no nordeste, com um preço totalmente acessivel. É forte mesmo, tem que tomar pouco, tem que ir com cuidado. Mas tem um sabor inigualavel, aroma, corpo, tudo nessa cachaça é bom.

  6. Me informaram aqui em Brasília que a Rainha, a melhor cachaça do Brasil(pelo menos na minha opinião) não está sendo mais fabricada.
    Esta triste informação procede?
    Obrigado

    • Waldemiro, posso lhe assegurar que ela continua sendo fabricada. Estive este fim de semana em Cabedelo a passeio e trouxe uma garrafa. O que mudou ha alguns anos foi o teor alcoolico, segundo me informou o vendedor.

  7. Informações sobre representação e distribuição da Rainha no sertão Paraibano. Tenho interesse de soma com está respeitada empressa, tenho experiência, disponibilidade de tempo e conhecimento amplo das cidades do sertão. Caso tenham interresse meu tel (83) 99614-3404. Atenciosamente: Wamberto Queiroz.

  8. Eu queria ser um fabricante de cachaça, porém não tenho estrutura suficiente para montar um alambique, talvez um dia eu consigo, e meu sonho!eu admiro os fabricantes de cáchaça porque eu gosto muito, vai aí um abraço para todos?

    • O meu telefone e (034)999636299.minas gerais, ultimamente eu compro através dum amigo meu aí da Paraíba, o Luciano, a cachaça e(Ipueira)acho ótima me fale sobre suas cachaça, ou me liga?